Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quarta-feira, 2 de março de 2011

Uma visão de Exú e Pombogira

Exu é o orixá da comunicação. É o guardião dos caminhos, cidades, casas e do axé, das coisas que são feitas e do comportamento humano. A palavra Èsù em yorubá significa "esfera" e, na verdade, Exu é o orixá do movimento.

Ele é quem deve receber as oferendas em primeiro lugar a fim de assegurar que tudo corra bem e de garantir que sua função de mensageiro entre o Orun (Céu) e o Aiye (Terra), mundo material e espiritual, seja plenamente realizada.

Devido ao seu estilo irreverente, brincalhão e a forma como é representado no culto africano, exú foi confundido com o diabo erroneamente, sua ferramenta um falo humano ereto, simbolizando a fertilidade.

De caráter irascível, ele se satisfaz em provocar disputas e calamidades àquelas pessoas que estão em falta com ele.

No entanto, como tudo no universo, possui de um modo geral dois lados, ou seja: positivo e negativo. Exu também funciona de forma positiva quando é bem tratado. Daí ser Exu considerado o mais humano dos orixás, pois o seu caráter lembra o do ser humano que é de um modo geral muito mutante em suas ações e atitudes.

A palavra elegbara significa "aquele que é possuidor do poder (agbará)" e está ligado à figura de Exu.

Exu praticamente não possui ewós ou quizilas. Aceita quase tudo que lhe oferecem.

Os yorubás cultuam Exu em um pedaço de pedra porosa chamada Yangi,objeto este que não pode faltar em seus assentamentos, ou fazem um montículo grotescamente modelado na forma humana com olhos, nariz e boca feita de búzios.

Dizem os itãns (Contos e mitos) que: "Exu é capaz de carregar o óleo que comprou no mercado numa simples peneira sem que este óleo se derrame".

E assim é Exu, o orixá que faz: O erro virar acerto e o acerto virar erro.

Todos os assentamentos de Exu possuem elementos ligados às suas atividades. Atividades múltiplas que o fazem estar em todos os lugares: a terra, pó, a poeira vinda dos lugares onde ele atuará. Ali estão depositados como elemento de força diante dos pedidos.

Lembramos que o Orixá Exú é cultuado diferentemente do Catiço ou seja entidade Exú, o Orixá não fala com o encarnado verbalmente e sim apenas por IFÀ, diferentemente do Exú catiço que dá consultas nas casas de asé.

A maneira de cultuar, de assentar de cantar é a mesma porém a manifestação e incorporação são totalmente diferentes.

A Energia do Orixá Exú é masculinizada, não existe Orixá Pombogira, e sim catiços, entidades vibrando na energia exú de maneira feminina, mais não podemos chama-las de Orixá pois são entidades que prestam conta, ao Orixá a força, a energia e a vibração de Exú de nação.

Pombogira, Pombagira, Njila, assim são conhecidas as nossas entidades representantes da força feminina n lado esquerdo do asé.

Lado esquerdo???Quer dizer lado ruim???Não!

Lado esquerdo pois tudo que ligamos ou que ativamos no plano espiritual e material precisamos de dois fios o positivo e o negativo para que a luz ou a energia seja totalmente vibrada pairando numa frequencia estavel.

Os Exús e as Pombogiras são as entidades mais próximas a nós, por serem de uma vibração inferior a força de Orixá, conseguem sentir melhor nossas necessidades, falar como nós, ter vontade como nós encarnados.

Grande maioria destas entidades, foram em vidas pessoas de vidas conturbadas, dificeis, viciados em bebidas, drogas, viciados na noite, nos jogos e até mesmo as senhoras, moças de vida facil, porém não podemos generalizar que todos os exús e todas as pombogiras tiveram este tipo de vida quando encarnados, muitos foram pessoas de melicias e diplomacias ou de vida estudada, mais por alguma vibração conturbada em suas vidas tiveram desgostos, desamores, desafetos e cairam na bobagem de viver viciosamente em todos os sentidos, se acovardaram com o tempo diante aos seus problemas enfim... e ao seu desencarne escolheram então trabalhar na vibração de Guardiões do tempo, dos caminhos, dos feitiços, das magias, no amago mais profundo de seus médiuns ou das pessoas do plano terrestre.

Por serem conhecedores destas facilidades de caminhos, atuam com muita força e sem erros, são grandiosos magos e sabedores de tudo que há no mundo espiritual e material.

A Energia Pombogira, traz virilidade, poder, ofó (encanto), caminho, a pombogira é quem leva e quem trás dentro do asé, seria a comunicação dentro da casa para com os sacerdotes e sacerdotizas, ela vislumbra muito antes e visualiza com muita clareza aquilo que esta diante de nós e não cnseguimos enxergar.

É extremamente confundida como o orixá do sexo, errado, é o orixá que trabalha, que molda e que melhora o sexo das pessoas, mais não vulgarmente e baixo falando, mais sim trazendo qualidades e melhorias a vida afetiva, sexual, da pessoa.

Tem um jeito doce, sensual e faceiro de lidar e consultar o povo que a procura, fala manso e calmo, dona de um saber muito grande e de vista firme para as coisas, não se deixa enganar por um agrado.

Alguns crêem que os Exus são entidades (espíritos) que só fazem o bem, e outros que crêem que os Exus podem também ser neutros ou maus.

Exú e Pombogira não são ruins, por serem conhecedores grandiosos do tudo e todo, são extremamente ariscos e ageis.

Quem é ruim é o encarnado que pede uma maldade por ser ignorante ou por ter tido desafetos pelo mundo a fora em sua caminhada, exú é obediente dentro daquilo que lhe esta sendo pedido, por isso as pessoas confundem muito esta questão tão mal explorada.

Pomba giras são entidades mensageiras dos orixás. Quando fazemos um pedido aos deuses, são elas que "traduzem" essas mensagens.

O poder de comunicar e ligar, confere a pombagira também o oposto, a possibilidade de desligar e comprometer qualquer comunicação. Se possibilita a construção, também permite a destruição.

Pomba giras habitam as encruzilhadas, cemitérios, passagens, os diferentes e vários cruzamentos entre caminhos e rotas, é a senhora das porteiras, portas de entradas e saídas do plano espiritual e material.

Eu diria que:

Exú(Esfera) e Pombogira(Mensageira) é o todo que harmoniza e equilibra nosso destino.

Tudo circula e se movimenta diante da vida e de nós e sem as palavras, a comunicação ninguém entenderia nada diante deste mundo tudo seria uma grande descordia e bagunça.

Somos a massa e eles a energia que revitaliza, revigora e encoraja e o espiritual em nosso ser...

Asé
Postado no Grupo de Estudos Boiadeiro Rei
http://br.groups.yahoo.com/group/boiadeirorei
http://grupoboiadeirorei.blogspot.com/
http://boiadeirorei.wordpress.com/
http://boiadeirorei.groups.live.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.