Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

A força de um ponto riscado e de um ponto cantado

 
Cada casa possui suas particularidades ao abrir um trabalho de Umbanda. Porém, em todos os Templos, sempre que se abre um trabalho, risca-se o ponto e canta-se para o Orixá. A ordem pode alterar de uma Tenda a outra; em algumas, o médium, veste sua roupa branca, acende a vela para o seu Anjo de Guarda, bate seu camatulê e participa da Corrente Mediúnica para a abertura dos trabalhos. Em outras, o próprio dirigente firma as velas e os pontos riscados, enquanto os médiuns cantam os pontos.
Numa abertura, os "Cambones" defumam a todos os presentes, enquanto o Chefe puxa o canto dos pontos de cada Entidade. Durante a abertura do trabalho, a fluidificação e a energização do local já está ocorrendo. É nesse momento que a limpeza espiritual de todos os presentes começa. Por isso, a saudação dos Guias é tão necessária em um trabalho de Umbanda. Cantar o ponto que representa o Orixá ou a Entidade que comanda o trabalho do dia, energiza e equilibra a vibração dos médiuns para o passe mediúnico, criando uma perfeita ligação entre o guia espiritual e o trabalhador.

Num ponto cantado é possível identificar os seguintes elementos:
- O Guia (Entidade) que está se apresentando;
- A Linha em que ele atua e a Falange que ele trabalha;
- Sua função ou missão junto ao médium ou terreiro.

Num ponto riscado também é possível perceber alguns elementos:
- Os Orixás que comandam o médium, a casa ou o trabalho;
- Quantas Linhas estão representadas;
- Que missão será cumprida pelo Mensageiro ou pela Casa através daquele ponto.
 
O ponto riscado, seja no ínicio dos trabalhos ou seja no decorrer deles, serve para purificar e fortalecer o local e a assistência. Se uma Entidade risca um ponto durante um atendimento e nele coloca uma vela ou uma erva ou outro símbolo, ele está firmando a pessoa e emitindo uma ordem ao Plano Espiritual. Essa ordem pode ser para quebrar uma demanda, alcançar um pedido, curar uma enfermidade, etc. Por isso, cantar ou riscar um ponto ajuda na liberação de ondas de energia, que atingirão a todos os presentes.
Existem pontos positivos e pontos negativos, portanto, jamais deve-se cantar ou riscar pontos por brincadeira, pois ele atuam na ligação do médium com seu Guia Protetor. Um ponto riscado ou cantado de forma equivocada pode atuar ao contrário do que se espera e afastar o Mensageiro em vez de aproximá-lo. O Plano Espiritual sempre respeita a Lei do Livre Arbítrio e se o médium pede o afastamento de seu protetor, ele respeita e se afasta. É como aquele ditado: "Cuidado com o que você pede, que você pode conseguir..."

Como exemplo segue o ponto cantado da Cigana Claudia de nossa Seara:
"Cigana vem do Oriente, vem aqui pra trabalhar...
Traz na mão uma estrela cadente e sua história vai contar...
Traz na mão uma estrela cadente e sua história vai contar..."
 
O Pai Zé de Aruanda quando vem em nosso terreiro canta assim:
"Nego Cambinda trabalha em Nagô.
Trabalha nas ordens de Nosso Senhor.
Nego Cambinda trabalha com amor...
Servindo a Umbanda com sua cor."
 
Abaixo segue o desenho do primeiro ponto riscado pelo Caboclo Sete Encruzilhadas:
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.