Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

sábado, 7 de maio de 2011

Crescendo Interiormente



Um dos fatos que demonstram e comprovam ao meu ver de que vivemos numa sociedade primitiva, é a forma com que nossa cultura ensina-nos a lidar com nossas emoções.

Crescemos e somos educados não como indivíduos dotados de um corpo emocional, não crescemos ouvindo falar a respeito de um universo interior, de uma vida interior, de paz interior, muito pelo contrário, todas as nossas emoções e alegrias são adestradas para voltarem-se sempre para o exterior.

Os adultos (onde lê-se adultos nesta postagem deve-se ler "crianças crescidas e imaturas"), ensinam as crianças desde pequenas a se alegrarem através de brinquedos, jogos, cores, texturas, doces, comidas, ou seja, sempre projetadas para o exterior.

Entretanto, na adolescência e vida adulta começamos a notar a existência de diversos fenômenos que ocorrem dentro de nós, em nossa psique, e na maioria das vezes o interior se faz presente nos momentos de sufoco em que ele grita e prova a sua existência, exigindo a nossa atenção, implorando que nos voltemos para dentro de nós mesmos.

E são justamente as pessoas mais sensíveis que irão se deparar com a existência de um amplo universo interior, carente de desenvolvimento, atenção, maturidade, simplesmente porque esta dimensão humana é na maioria das vezes ignorada por nossa cultura, que de tão superficial que é, associa completamente o bem estar do indivíduo as suas conquistas econômicas e não a sua paz e a sua realização interior.

Desta forma, grande parte dos indivíduos só começam a dar a devida atenção e se preocuparem com o seu universo interior, composto de suas emoções, de sua espiritualidade, somente após sofrer reveses devido a transtornos, dificuldades de adaptação a sociedade, intenso sofrimento, depressão, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno bipolar, dificuldades em lidar com a sexualidade, solidão,  isolamento, neuroses, drogas, alcoolismo, etc.

A princípio, para muitas pessoas, voltar-se para dentro de si é uma necessidade urgente para alcançar a cura para os seus sofrimentos e paz para os seus conflitos, no entanto, muitas pessoas depois de darem início a jornada para dentro de si mesmo, não só são capazes de superar suas mazelas, mas também de descobrir uma fonte de alegria, leveza, desapego, paz e amor próprio e genuíno. Aquilo que a princípio era para curar a fonte do sofrimento, agora torna-se a fonte da verdadeira alegria.

O caminho da mudança, da reforma íntima, da cura dos relacionamentos, do autoconhecimento e da jornada interior é um caminho envolto de grandes desafios, de aventuras, de descobertas e de profunda alegria, há uma linha divisória na evolução e maturidade deste caminhar que separa a necessidade do sofrimento para o adquirir aprendizados, ou seja, há um instante em que aprender é por si mesmo algo tão maravilhoso, que não há mais necessidade de sofrimento e de quebrar a cabeça constantemente para se aprender com os erros, passamos a aprender com a alegria e com os acertos também!

Aprender a lidar com nossas emoções e voltar-se para dentro de si, são os princípios de uma evolução humana mais ampla, contribuindo assim para que os seres humanos saia da primitividade do desenvolvimento unilateral, primário e superficial e, contribui para a humanização da sociedade, é a partir desta evolução que nos tornaremos seres mais tolerantes, dotados de compaixão, voltados para a ajuda mútua e prontos para estender a mão para todos aqueles que necessitarem de ajuda a nossa volta.

É hora de começarmos a construir novas referência de vida adulta em nossa sociedade, novos referênciais que possam estabelecer uma cultura de paz e convergência, onde os seres possam aprender que cuidar um dos outros é cuidar-se de si mesmo e de todos os seus, o mundo precisa ser curado se nós  precisaos nos curar e viver numa sociedade sadia e livre de tantos transtornos e de tanta violência.

E para isto estou aqui me dedicando a este blog, compartilhando alegrias, forças, experiência e esperanças para que possamos ajudar a curar o sofrimento coletivo que é sentido por tudo e por todos neste planeta, curando a mim mesmo eu ajudo a curar o mundo e compartilhando com todos a minha volta, desta dádiva, juntos nos tornamos uma força capaz de transformar o mundo, para isto (como diria Gandhi), que possamos ser a mudança que desejamos para o mundo, hoje e sempre!

Venha comigo, para esta longa jornada de grandes mudanças e transformações, este é um caminho de alegria, de bem-aventurança de realização! Não sou um mestre, sou apenas seu irmão, sou aquele que começou a despertar e que está aqui para ajudar a acordar aqueles que estão em busca do grande despertar, traga seus instrumentos, traga sua dança, é hora de deixar os lamentos para trás e é hora de celebrar!

Fonte: http://dedentrodamatrix.blogspot.com

Postado no Grupo de Estudos Boiadeiro Rei

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.