Fale Conosco

Seguidores

Translate - Tradutor

São Cosme e Damião

São Cosme e Damião

Livro Boiadeiro




Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Carregando...

Leia Também em nosso Site

terça-feira, 24 de maio de 2011

Encantados da Jurema Sagrada

Catimbó

 

________________Encantados da Jurema Sagrada

Tudo dentro da Jurema Sagrada – Catimbó, temos que estudar o início de onde surgiu a Religiosidade do afro – ameríndios.
Ela é concreta, verdadeira tem base na História da Humanidade.
____________Pré Historia fonte veja mais em: http://www.xamanismo.com.br
Atualmente quando a maioria das pessoas ouvem a palavra Xamanismo pensam em culturas indígenas americanas, outros reclamam por que não pajelança se estão no Brasil.
O xamanismo não se refere apenas à espiritualidade indígena.
É certo que os indígenas foram os grandes responsáveis por manterem acessas as chamas da Medicina da Terra mas as práticas se originaram no homem primitivo, no paleolítico.A palavra xamanismo foi criada por antropólogos (ver em xamã) para definir um conjunto de crenças ancestrais.As raízes do xamanismo são arcaicas e alguns antropólogos chegam a pensar que elas recuam até quase tão longe quanto a própria consciência humana.As origens do xamanismo datam de 40.000 a 50.000 anos, na Idade da Pedra.
________________A Jurema Sagrada Catimbó é:
  • É a Religiosidade da Natureza,
  •  É a Harmonia do Homem junto a Natureza,
  • É a Harmonia do Homem junto os Encantos dos Animais de sua magnitude ,
  • É o Segredo das Ervas e suas Curas,
  • É a Fusão Religiosas: – Pajelança, – Catolicismo, – Bruxaria Europeia, – Misticismo Africano das Divindades da Natureza, – Magia Cigana.
  • É o Homem ser Encantados, no ato da passagem (morte) na Natureza, e ou em Animais.
  • É o Homem que em vida foi Consagrado Juremado, por uma Mestre e ou um Pajé é no ato da sua Passagem (Morte) do dono de suas correntes o Encanta.
  • É a Reza dos Curandeiros
  • É a Ciência dos Benzedores, 
Curandeiros ou os Benzedores é uma atividade, muitas vezes considerada curandeirismo, de curar uma pessoa doente, aplicando sobre ela gestos, em geral acompanhados por alguma erva com pretensos poderes sobrenaturais, ao tempo em que se aplica uma prece. Constitui-se num importante elemento da cultura popular do Brasil, e tem suas origens no sincretismo religioso.O Benzedor em geral é alguém da própria comunidade, e que recebeu os ensinamentos dos antigos, sempre de forma oral – razão pela qual não há registros sobre eventuais fórmulas, bem como mantêm em segredo a oração que proferem – geralmente não cobrando por suas atividades (embora nada obste que o faça).Origem dos Curandeirismo, e Rezadores são típicos das Regiões Remotas, onde os médicos são escassos, os remédios alopatas inacessíveis. (Norte e Nordeste), A Origem dos Curandeirismo, e Rezadores são dos Pajés Indígenas é patente – sendo que na Região Amazônica ambos os conceitos são sinônimos – com a aplicação de elementos próprios da religião cristã.
________________________Resumo da Origem
 Veja Bem Xamanismo, Pajelança e Jurema Sagrada Catimbó, são coisas totalmente diferentes, derivações.De acordo com os Historiadores e Arqueólogos o domínio da produção do fogo foi um dos principais avanços da humanidade, colaborando para o desenvolvimento da raça humana.Da Pré-História com o Xamas, alguns grupos ficou totalmente isolados e esses passou a se chamar nativos, no Brasil de índios estes cultuo a Pajelança.
___________Surgimento do Espiritismo no Brasil

  1. Pajelança - Comprovadamente os primeiros a fazer contatos com os mortos e os encantaram foi os Índios, sendo os Pajés o seus Sacerdotes.
  2. O Candomblé – Surgimento em Daomê, Africa, com a família do Orixá Nana que são os povos mais antigos da terra. Acredito que seja uma evolução do Xamãs do período paleolítico que teve o politeísmo. Candomblé e o culto as Divindades da Natureza.
  3. Jurema Sagrada Catimbó – Em 1532 a 1536 onde se deu início a colonização Brasileira.
  4. Tambor de Mina Nago – Em 1750-1850, O Maranhão foi importante núcleo atração de mão de obra africana, sobretudo durante o último século do tráfico de escravos para o Brasil ( veja mais a baixo sobre.)
  5. O Kardecismo, Allan Kardec em 18 de abril de 1857, iniciado a publicação das Obras da Codificação em, quando veio à luz O Livro dos Espíritos, considerado como o marco de fundação do Espiritismo kardecista.  
  6. Umbanda – Em 15 de novembro de 1908, Zélio de Moraes com o seu guia Caboclo da Sete Encruzilhada.
  7. Quimbanda  1908 no mesmo período, veio do povo de Malei sendo o seu o 3 Anjo Rei Astaroth ou Exu Rei das 7 Encruzilhadas Astaroth junto com ele veio 6 anjos ao total 7 anos banidos do Céu o principal anjo sendo Lúcifer, Algumas Mestras Esquerdeira Migrou se totalmente para a Quimbanda, tais como Maria Mulambo e Padilha e ser deu o Título como a Rainha da Quimbanda como a Mestra Maria Padilha que passou ser a Pombo Gira Rainha Maria Padilha, parente do Coronel Apolinário Padilha, teve seu Cabaré no Bairro Jaraguá em Maceió a Quimbanda nasceu na mesma época, da Umbanda nasceu.
  8. Omôloco – É um sacerdote que tem missão espiritual em uma das 7 partições de espiritismo e difundido, mistura dois ou mais princípios em um só culto, não sendo puro as suas raízes.
______________________Conclusão Final
Sendo assim conforme observamos que a Historia da Humanidade a jurema Sagrada é a religião Brasileira sendo a pajelança a sua base, o que vem depois sendo cultuado dentro da jurema sagrada passa ser omôloco, que é o misticismo difundido, misturado.Na Jurema Sagrada não tem a existência de Exu, Pomba Gira, e pouco menos de Orixá.
_____________________Tambor de MinaOrigem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tambor de Mina é a denominação mais difundida das religiões Afro-brasileiras no Maranhão e na Amazônia. A palavra tambor deriva da importância do instrumento nos rituais de culto. Mina deriva de Negro Mina de São Jorge da Mina, denominação dada aos escravos procedentes da “costa situada a leste do Castelo de São Jorge da Mina” (Verger, 1987: 12) , no atual República do Gana, trazidos da região das hoje Repúblicas do Togo, Benin e da Nigéria, que eram conhecidos principalmente como negros mina jejes e mina nagôs.O tambor de Mina se caracteriza por ser religião iniciática e de transe ou possessão. No tambor de mina mais tradicional a iniciação é demorada, não havendo cerimônias públicas de saída, sendo realizada com grande discrição no recinto dos terreiros e poucas pessoas recebem os graus mais elevados ou a iniciação completa.A discrição no transe e no comportamento em geral é uma características marcante do tambor de mina, considerado por muitos como uma maçonaria de negros, pois apresenta características de sociedades secretas. Nos recintos mais sagrados do culto (peji em nagô, ou côme em jeje), penetram apenas os iniciados mais graduados.Veja mais sobre o Tambor de Mina Nago na fonte de pesquisa.(http://pt.wikipedia.org/wiki/Tambor_de_Mina )
Na Encantaria do Tambor de Mina Nago,tem o elo dos encantados e o Orixá como já falamos, e a Encantaria tal como o mestre, Luiz, Simbamba, Rita Preta, Rei da Turquia e suas filhas Princesa Mariana, Jarina e Erondina entre tantos outros.Uns Mestre do Tambor de Mina Nagô migraram para a jurema Sagrada, Raimundão da Jurema, Nego Gérson, Mestre Luiz e Chiquinho do Maranhão por isso que o mestre louva em seu lírio a Oxum, mais uma vez afirmando que faz parte da encantaria do Grão Para.
___ Minha Mãe Oxum sua bandeira e forte, meus inimigos eu arrebento e no chicote.
___________________Jurema Sagrada Catimbó___________________Sua História e seu Legado
É o que se deixa ou se transmite a qualquer sucessor.
______________Princípio do Catimbo é a PajelançaOrigem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ritual místico realizado por um pajé indígena, com o objetivo de curar, prever o futuro, etc.Podemos dizer que a pajelança é uma forma de benzedura.É provável que a palavra Pajé venha da raiz pa-y = profeta, adivinho, curador, sacerdote.O termo pajelança é aplicado nas manifestações xamânica dos índios brasileiros. Pode ser divido em pajelança indígena (rituais indígenas) e pajelança cabocla, que são praticas religiosas (não indígenas) mais comuns no Norte e Nordeste brasileiro.
____________Afinal…Quem são Os Pajés ?
Existe muito pouca coisa publicada no Brasil sobre este fascinante assunto. Um aspecto curioso quando se fala em Pajelança, no Brasil, aqui Pajé é sempre somente do sexo masculino – primeira geração, que passa de pai para filho.Para ser um Pajé, o candidato deve ser um paranormal e médium ao mesmo tempo. Ou seja, deve ter muitas força mental (paranormalidade) e a mediunidade, que mexe com a bioenergética, com as partículas bio cósmicas (provocam a expansão da consciência fora da matéria, o espírito por exemplo), enfim aquela coisa da espiritualidade.Entre as diversas tribos, como os Yanomamis, os Waiúkas (aldeia no meio da Mata Amazônia que nasceu o Príncipe das Águas Claras Rio Verde que foi um Pajé em vida), Kraôs, Caiapós e Gaviões, Tupis, Tupinambas, varia muito o conceito de pajelança, mas eles tem alguma coisa em comum:
O misticismo e o segredo.
Você as vezes passa um longo tempo para conseguir uma informação, um segredo, como por exemplo, sobre um não-alucinógeno para você sair com facilidade do corpo (desdobramento) .O pajé penetra na área da encantaria, uma outra vertente da grande magia que pouca gente conhece, que é passar para uma outra dimensão e e muitos dele quando retornam dessa experiência, voltam curados.A pajelança é uma forma de magia nativa da Amazônia, tipicamente indutiva, atuando sobre qualquer elemento vivo e mantendo estreita relação com os demais reinos da natureza: mineral, vegetal e animal.É praticada por curandeiros (principalmente pelos pajés da Amazônia), com base no xamanismo indígena .Pelas suas ações, o Pajés tenta estabelecer contato com outras formas de existência através de comunicações com entidades sobrenaturais, procurando restabelecer o equilíbrio perdido entre a natureza e a mente. Esse processo envolve curas, exorcismos, e outros atos com objetivos diversos.
____________Pajelança Indígena :
PAJELANÇA (do Tupi Pajé, curador, sacerdote) é um termo genérico aplicado às diversas manifestações dos povos indígenas Brasileiros. Refere-se aos rituais nos quais um especialista entra em contato com entidades não-humanas (espíritos de mortos, de animais etc.) com o fim de resolver problemas que acometem pessoas ou coletividades.
_____________Pajelança Cabocla_______________ ou Catimbo
(caboco é o homem do sertão que lida com o Gado)
A Jurema de Caboclo que é o Primeiro Reinado da Jurema Sagrada que nasceu dentro da aldeia dos Índios Tupinambas, Tupi é a Jurema onde eu sou Consagrado.Dai o surgimento de mais 11 reinados que faz ao todo 12 Reinos.A Pajelança cabocla (também chamada de cura, linha de pena e maracá, linha de sacaca e diversos outros nomes) é uma manifestação religiosa não-indígena, difundida pela Amazônia e parte do Nordeste do Brasil (Maranhão e Piauí).Combina elementos do catolicismo popular, das culturas indígenas, da Jurema Sagrada e do Tambor de Mina e da Encantaria, da medicina rústica e de outros componentes da cultura e da religiosidade popular.Caracteriza-se, entre outros aspectos, pela ênfase no tratamento de doenças e aflições, por um transe de possessão característico, com “passagem” de diversas entidades espirituais em uma mesma sessão, e pela presença de certas práticas como o uso de tabaco e outras substâncias para defumação.Esses elementos associam a pajelança cabocla a outras manifestações religiosas populares encontradas no Norte e no Nordeste brasileiros, como o Catimbó Jurema, o Toré e o Candomblé de Caboclo.A Jurema é encontrada no Amazonas, Nordeste, uma religião autóctone, que foi gerada por elementos exclusivamente ameríndios.As curas e rituais são realizados pelo PAJÉ, com danças, cantos, e o instrumento sagrado, o MARACÁ, um chocalho e o uso de alcaloides vegetais, que possibilitam o transe.Cada região tem entidades distintas que são invocadas, porém sempre são espíritos da natureza, de animais ou de antepassados mortos. No Piauí, a Encanteira mescla a pajelança amazônica com o catolicismo popular.
________________Jurema é uma Árvore
Da família das Acácias tem:
  • Jurema-preta,
  • Jurema-branca,
  • Jurema Mimosa,
  • Angico também e da família das Acácias
  • ->->-> As Acácias sempre foram consideradas plantas sagradas por diferentes povos e culturas de todo o mundo:
  • Os Egípcios e Hebreus, Veneravam a “Acácia nilotica“ (Sant Shittim); Os Hindus, a “Acácia suma” (Sami);
  • Os Árabes, a “Acácia arabica” (Al-uzzah);
  • América do sul, Os povos indígenas do oeste da veneravam a “Acácia cebil“ (vilca); Jurema Angico
  • Jurema do Egito, (Acácia nilotica )
  • Índia, “Acácia suma” (Sami)
  • E os índios Brasileiros principalmente do Norte e Nordeste cultuam a “Jurema Preta” (Mimosa hostilis),
_______Influência Católica 
No processo de “Evangelização” imposto aos indígenas Brasileiros pelos Jesuítas, a figura do Messias Civilizador Yurupari não foi transformada em decalque do “Cristo”, mas sim aproximada ao “Diabo” dos Católicos.Ou seja os Jesuítas não enfatizava a presença de Cristo para os índios mais sim que os seus atos de Pajelança era culto ao demônio, dai surgimento que todo os espíritas pratica culto ao Diabo.Embora os Jesuítas tenham adotado pessoalmente a sua erva sagrada “Petun” (Tabaco), o qual era usado para provocar transe mediúnico nos indígenas (Pajés), transformando o uso dessa “erva sagrada” em um vício profano que, ao longo do tempo, tornou-se uma praga social universal.Os índios, com os primeiros aportes isolados da religiosidade e dos negros Bantus, quase sempre escravos fugitivos que encontraram guarida e proteção na Pajelança e no culto dos Encantados, que esboçaram o Culto da Jurema Sagrada, no qual, agora, as cerimônias perdiam o sentido de função social da coletividade para transformarem-se em cultos individuais de satisfação de necessidades pessoais quer de Índios, Negros ou Mestiços, ainda que de natureza espiritual, curativa ou de ligação com os antepassados de todas as etnias.Os escravos fugitivos se escondiam na Mata, muitas vezes em aldeias indígenas.Rei Malunguinho, origem Banto, que quer dizer amigo ou companheiro dos líderes Quilombolas Malunguinhos, cujo último líder destes Quilombos foi morto em combate nas Matas do Catucá (Quilombo que se estendia desde as matas de Beberibe, na divisa Recife com Olinda até Goiana), em setembro de 1835.(Veja no Link deste site - http://juremeironeto.wordpress.com/mestre/quilombo-do-catuca/ )
As variações, miscigenados Indígenas – cristãos – africanos, tais como :
  • Toré, de Índio,
  • Tambor de Minas, e um culto a Encantaria no Norte,
  • Jurema Sagrada, Nordeste
  • Entre outras atividades de festas que foi a sociedades faz são de origem indígena.
_____________Os Colonos Brancos e Misticos
Assimilaram as soluções indígenas que, na prática, provavam ser eficientes nesta nova terra: trocaram o trigo pela mandioca, o leito pela rede, o vinho pelo cauim; aprenderam a fumar e começaram a gostar dos frutos e das filhas desta terra, iniciando a primeira miscigenação racial deste país, gerando filhos mestiços que foram muito apreciados como elos das alianças com as tribos indígenas, alianças estas que os colonos precisavam estabelecer para sobreviver aos ataques das tribos de nações indígenas inimigas. 
____________E os Branco com Negro e Mulatos
Surgiu assim o Mulato (Vem de Mula) não carrega o nome do Pai Branco.Da fusão destes novos cultos de Caboclos e Encantados com os primeiros aportes isolados da religiosidade dos negros Bantos, foi que se esboçou o segundo sincretizamo religioso brasileiro – o Culto do Catimbó Jurema.
___________________O Catimbó____________Feitiçaria Européia Á Pajelança
Jurema Sagrada como tradição “mágica” religiosa ainda é um assunto pouco estudado.É uma tradição nordestina que, em suas múltiplas formas atuais, revela influências as mais variadas, e que vão desde a feitiçaria Européia até a Pajelança indígena, passando pelas religiões Africanas, pelo Catolicismo popular, e até mesmo pelo Esoterismo moderno e pelo cristianismo esotérico, além de, em certos casos, estabelecer a diferença principal entre as práticas do catimbó, A Jurema já era cultuada na antiguidade por pelo menos dois grandes grupos indígenas, o dos Tupis e o dos Cariris também chamados de Tapuias.
________Primeira Casa Aberta do Catimbó
_________ Jurema foi de uma Índia

Os Tupis se dividiam em Tabajaras e Potiguares, que eram inimigos entre si.Na época da fundação da Paraíba, os Tabajaras formavam um grupo de aproximadamente cinco mil índios. Eles ocupavam o litoral e fundaram as aldeias “Alhandra e a de Taquara”.Tudo teria começado com a índia Maria Gonçalves de Barros, conhecida por Maria Índia ou Maria do Acaís I, que teria recebido do Imperador Dom Pedro II as terras do Açaís, em Alhandra PB, onde teria assentado moradia.Maria Índia ou Maria do Acais I teria dado inicio a primeira casa de Catimbó oficial no Brasil, usando da Jurema Sagrada para curar os mais variados males.Como Maria Índia ou Maria do Acais I não teve filhos, a sua sobrinha, Maria Eugênia Gonçalves Guimarães, recebeu a herança da Tia, e logo ficaria famosa como sendo a “Madrinha Mestra de Todos os Juremeiros” Maria do Açaís, passando a manifestar dai orientações espirituais do Mestre do Cruzeiro de Luz Mestre José Galo Preto, conforme uns dos Lírios da Mestra diz:
Galo Preto Urunanisco,Que Cantou no Meu Terreiro,Cantou no pé da Jurema oh Meu Jesus,Lá no Pé do Meu Cruzeiro,Quando eu passo nesta mesa eu passo para trabalhar…..
E o Mestre Zé Pelintra que e o Mestre considerado Padrinho da Jurema o Rei do Catimbó, Lembrando que ele não é um Exu e sim mestre na Jurema. no Catimbó, não tem Exu e não se cultua o Orixá.A Jurema Sagrada era denominada originalmente de CAATIMBÓ (Fumaça do Cachimbo).Hoje em dia, não se usa, pois, o termo foi deturpado, e é generalizado como Feitiçaria e Bruxaria de Malefício, que se originam dos mestiços da Caatinga “Catingueiros” , que as pessoas falava cuidados com o catimbó ou seja a fumaça do cachimbó, que na grande realidade a força do Juremeiro tá no seu cachimbó.
__________São Sagrados para
_________Os Juremeiros ou Catimbozeiros:
 
  • O chão, – Os Rios, – Os Lagos,
  • As Fontes de Águas, – As Matas,
  • Os Animais, – As Chuvas, – O Vento,
  • O Mar, – O Ar que respira,
  • Os Alimentos que ingere,
  • Os Antepassados, e As pessoas Vivas.

    ____________Cerimônias
    ____________Para um Iniciados
    ____________Juremeiro ou Catimbozeiro.
Do Reino do Juremal , Reino de Tupã (Rei Tanaruê) ou Jurema de Caboclo que é a minha Rama.É uma Religião fechadas tendo todas as Cerimônias fechas somente aos que são consagrados e os que estão sendo iniciados.O Discípulos Apontados, após entrar na Gira permanece 01 para ser Batizado e cada Renovação da Jurema Sagrada da minha Rama, São realizada de ano em ano até o setímino ano, sendo consagrado Juremeiro Mestre após passar pelos atos do Cruzeiro de Luz que e por determinação do Dono das Correntes após Sete ano de Consagrados.Clico Do Iniciados na Jurema Sagrada do Reino do Juremal ou Jurema de Tupã.
  1. Iniciado – Pessoa que faz parte da casa mais ainda não passou por nenhum preceito do catimbo, frequenta a casa 01 ano para entrar na giras.
  2. Discípulo Apontado. – O Iniciado após passar pelas cerimônias de descarrego, e banhos de ciência para puxar as correntes são autorizado pelo o encantados Mestre da Jurema a entrar nas Gira a fim da dar início ao desenvolvimento, A Religião dos encantados sendo o primeiro a ser invocado é o caboclo; após 01 ano que esta na Gira é for autorizado segue para o próximo passo.
  3. Batizado. – E Quem recebe o Batizado passando ser Juremeiro, sendo a consagração o iniciado e um Juremeiro Batizado, período em media de 5 dias para a realização em Atos, é são totalmente internos; após 01 ano.
  4. Firmar As Correntes – É o Juremeiro consagrado o primeiro Elo das Correntes do Discípulos; , esse Elo e um Encantado que é invocado para a Croa do Juremeiro Leva em media entre buscar na natureza os artefatos do encantados, e atos internos são 10 dias.
  5. Mesa de Consagração; É quando O Juremeiro passa pela mesa da Jurema e esse ato na minha rama e fechado somente aos consagrados, realizados grande parte na natureza, e outros fechados para o discípulo chegar a ser consagrado na mesa do Reino do Juremal leva em media 3 a 4 anos após ser íniciado, realizados em 2 semanas.
  6. Renovação da Jurema, são todos anos entra mais um elo na corrente ou seja mais um encantado e consagrado para o Juremeiro, ou seja mais uma Encantado e Consagração da Corrente do Juremeiro.
  7. Consagração do Cruzeiro de Luz, Mestre Divino o Cruzeiro de Luz, É realizado após fechar o clico das correntes que leva de 7 a 9 anos depende do dono das correntes acha que o Juremeiro já esta preparado para a recebe o Titulo de Juremeiro Mestre.
  8. Consagração a Mestre, É quando o Juremeiro Mestre tem a sua terceira descendência, ou seja o seu Neto consagrado tem o seu Primeiro Discípulo batizado.
O Mestre de Jurema e de sua Obrigação esta presente em todos os Batizados e firmeza de corrente, e mesa de consagração de seus Discípulos Neto.É quando o seu Discípulos Netos tem o seu Primeiro Discípulos Batizado, o Juremeiro Mestre passa a ser Padrinho Bisavô, Nas suas Oferendas Anuais a sua corrente e lhe dado o título de Mestre de Jurema Catimbó.Que um Mestre Vivo, temos alguns mestres vivos respeitados no Nordeste.
___________As Correntes Dos Encantados do Catimbó 
 Por ordem do primeiros ao ultimo que chega nas correntes do Discípulo, mas e quase impossível um discípulo ter todas as linhas.E não é mais ou menos importante que e consagrado a caboclo ou a mestre ou a um Príncipe etc.A Grande força da Jurema e o Discípulo ser consagrado corretamente para que o dono de sua corrente possa lhe passar a Ciência do catimbó, se não vai ser mais um rama sem frutos. 
_______________ As Correntes de Encantados
 Por Ordem, mais conforme cada discípulos muda a ordem de consagração uns o dono das correntes são Mestres, outros Mestras ou Boiadeiros etc.
______________Os Reis e Rainhas São Espíritos Encantados Milenares que por sua Antiguidade e de Grande importância e feito para a Humanidade, podem atuar nos fenômenos naturais em beneficio da humanidade, como Rei Salomão e Rei Malunguinho, Rei Tertuliano, Reis Tupinambás, Reis Canindé etc.Reino das Águas Claras ou Reino de Rio Verde tendo a sua Rainha Aurora e seus Príncipes Rio Verde, Rio Negro, Rio Mar ou Maresia, Princesa Flora, Príncipe Boto, Marujos, Serreias, esse reinado só são de encantados. Mais cultuados no Tambor de Mina Nago.
____________Os Príncipes e Princesas
São Parecidos com os Encantados, com a diferença de que estão ligados à Natureza em si, como o Príncipe das Águas Claras Rio Verde, e a Mestra Maria Luziara e encantada na Flor da Jurema Preta, há quem se encantaram em plantas nem animais e tem que ser virgens, ou serem encantados pela sua correntes, e quando e encantado com Príncipe e Princesa e de merecimento pelo grande feito na Terra.

____________Os Caboclos (a)
São os índios que em vida foi consagrado ou encantado pelos Pajés, no Catimbó a maior força da Jurema é a linha de caboclo. 

  • Os Pajés Espíritos de Antigos Indígenas das terras Brasileiras, que são responsáveis pela cura através das ervas e encantar os seus principais guerreiros, são os feiticeiros das matas, os pajés são os sacerdotes com poderes entre os vivos e os encantados. São eles os responsáveis pela consagração na jurema sagrada dos membros das aldeias. E quando os homem branco, negro, mestiço buscou abrigo eles tiveram orientação paranormal de seus mentores espirituais para consagrar tais pessoas para que levar para outras terras um parte da cultura indígena afim de evolução espiritualidade.
  • Os Cacique São Os chefes das Aldeias
  • Índios Guerreiros São os Preparados para a guerra entre aldeias e proteção de seu povo.
  • Índios Caçadores São os Preparados para buscar a caça afim de alimentar os anciãos e mulheres da aldeia.
  • Caboclos Crianças ou Mirins São os meninos índios das aldeias uma deles são: O Caboclo Tupi Mirim, Cabocla Jacira, Canindezinho entre tantos outros.
____________Os Caboco,Espíritos Sertanejos Ligados ao interior, são ligados a Vaquejar Gado. Os Tangerinos, Vaqueiro e Boiadeiros geralmente são todos oriundos do Norte e Nordeste do Brasil tais como:
  • Tangerinos: Tange o Gado geralmente a Pé pelo sertão levando a boiada de um estado para o outro. Profissão já extinta era da pré História do Brasil.
  • Boiadeiros: Peão que cuida do Gado e animais da fazenda e toca o gado a cavalo de uma fazenda para outra, utilizando o berrante.
  • Vaqueiros: São Homens Valentes que busca o Gado Criado na Brabeza
Os Encantados São espíritos elementares ou sendo espíritos ligados à natureza que no momento da morte se encantaram em animais e plantas. Os Caboclos e Cabocó também são em geral Encantados.Temos Alguns Mestres que são de catimbó e são encantados somente na mesa da jurema não são encantados como os reis a cabocó.
______Os Mestres e Mestras
São espíritos dos antepassados, pessoas que quando vivas cultuavam a Jurema e que depois de passar, trabalham nas sessões de jurema.
Os Mestres são conhecedores da ciência das ervas, benzedores, umas parteiras, ou mesmo teve uma vida mundana mais na sua vida intima ajudava muito as pessoas com a sua jurema isso e no caso de algumas mestras que se prostituía para viver.Os Mestres e as Mestras veem em diversas linhas ou chamadas, as principais são:São espíritos de pessoas do nordestina e nortista, em geral era consagradas em vida era juremeiros, ou índios que passou a viver no meio do homem foi cateterizados, são de dois tipos:
  • Os Mestres (as) da Direita:
    São Os Encantados que tem uma evolução espiritual mais elevada e tem mestria de decernir o Bem e o Mal, agindo conforme a necessidade da situação, tem grande conhecimentos das ervas, garrafadas e magias, geralmente são mais sérios, mais calmos e muitos serenos .
     
  • Os Mestres(as) da Esquerda:
    São Os Mestre Esquerdeiro, alegres despojados, em linha geral tem uma comunicação e identificação maior com os discípulos, na gira da Jurema os discípulos aguarda com ansiedade para a sua chegada. Trabalhadores de Descarrego pesado faz e desfaz conforme a necessidade de seus afilhados.
_____Os Pretos (a) velhos (a)Antigos Rezadores do Brasil de descendência africana, mas não são todos os pretos velhos de umbanda que foi consagrados em vida e sou mestres da Jurema. Pai Joaquim, Pai João entre outros são Mestres Pretos Velhos, e na Jurema tem uma desenvoltura maior dança e se movimenta mais agiu. 
_____Ciganos(as):São geralmente os que chegaram nas embarcações três marias em Maceió, se alojaram na grata do Jacintino veja a Historia da Mestra Paulina que era filha de Ciganos e seus Pais morreu no caminho ate o brasil e foi criada pela Zefa 6 dedos. Muito Ciganos entrou por Maceió e seguiu para o interior do nordeste e se alojaram em aldeias indígena e foram consagrados.
______Bruxas(os) e EsquerdeiroSão mandingueiros, benzedores, fazia garrafadas para curar e para matar, rezava para o bem e para o mal. Caracteriza-se como uma corrente mais pesada, porem são muito queridos e quando eles tem afeição por um discípulos. Nada de mal lhe ocorre.
______________Cargos do Catimbo ______________Reino do Juremal e ou Tupã
  • Discípulos Apontado;
  • Discípulos Batizado são os Juremeiros.
  • Juremeiro Mestre – São os Juremeiros que adquire sete anos, e de todas as renovações completas no seu tempo exato.
  • Mestre – São os que passar ter a terceira geração e tenha acompanhados todos de perto.
  • Padrinho ou Madrinha de Jurema – Os que faz o encantamento e consagrada os iniciados
  • Padrinho ou Madrinha de Vela o Batismo – São os que ajuda o iniciado é responsáveis por zelar das correntes e esta sempre ao lado do Juremeiro.
  • Guardiões, – Guardiões ou Guardiãs São Os que não tem incorporação, não manifesta com os encantados, já nasce Mestres, porem tem que passar por todos os preceitos a ser considerados mestres ou seja os 7 anos, Funções :
 Guardião do Tambor – Toca qualquer instrumento do catimbo. Guardiã de Sala – Responsável pelo bom andamento da sala. Guardião do Peji – cuida e Zela do Peji da casa e firmezas Guardião ou (ã) de Mesa - São Responsável pela o bom andamento dos cultos internos tais como batizado ao tudo que esta ligado ao catimbó.
_>>>
Guardião da Jurema do Padrinho Mestre:
- 
O maior cargo dentro da Jurema dos Guardiões e o, é de alta responsabilidade e de total confiança, ele pode estar presente em qualquer atividade da casa e o braço direito do Mestre. Podemo realizar varias atividades dentro do Catimbó, na minha rama esse Guardião e o Juremeiro Ronan Junior consagrado ao Caboclo Rei Sultão das Matas.
________________Abertura da Gira de Jurema 
A abertura da mesa é uma liturgia simples, mas significativa e bonita.Lidamos com uma pratica ritual pouco elaborada de forma que algumas poucas coisas podem ser destacadas como de beleza própria.Antigamente, os mestiços ficavam abaixados no meio dos Matos escondidos da policia. Se fossem flagrados, eram todos mortos ali mesmo, e não podiam ser enterrados nos cemitérios da cidades.Enterrava-os no meio da caatinga, debaixo de um Pé de Jurema Preta, ou de Uma árvore de seu encantamento.Anterior ao Século XX, os Índios, e uns Afro-ameríndios, eram analfabetos e perseguidos pela igreja e governantes como feiticeiros e bruxos.Esse fato impossibilitou o não relato escrito de sua religião.Por esse motivo, os conhecimentos da Jurema Sagrada – Catimbó vieram através dos espíritos dos Caboclos Mestres, e Mestres(as), mediante falas / verbalizações, o que chamamos de Ciência dada pelos Mestres.
O SEGREDO DA JUREMA TODO MUNDO QUER SABER E COMO SEGREDO DA ABELHA TRABALHA SEM NINGUÉM SABER.

AVISO DE CONFIDENCIALIDADE”
Os Texto contidos nesse site e ou alguma mensagem e seus anexos são de uso exclusivo de pessoas e entidades autorizadas por Juremeiro Neto e podem conter informações confidenciais e/ou privilegiadas da Cidade do Tronco da Jurema Sagrada, Príncipe Rio Verde.
É proibido revelar, alterar, copiar, ou publicar em outros Blogs, divulgar ou se beneficiar, direta ou indiretamente, destas informações sem a autorização de seus autores e ou do Juremeiro Neto.
Se você recebeu algum texto meu por e-mail ou viu em algum site, por favor, informe a pessoa quem copiou que faça as devidas referencia das do texto remetente e apague a mensagem imediatamente.
Eu, Juremeiro Neto se reserva o direito de pleitear ressarcimento pelos prejuízos decorrentes do uso indevido das informações e de requerer a aplicação das penalidades cabíveis.
Eu Juremeiro Neto, se responsabiliza somente que e de sua autoria o conteúdo do texto contidos nesse site, sendo esta responsabilidade exclusiva de seu autor, portando só se for sua autoria, quando as informações forem de outros autores será citado o site e o nome de origem.
A informação transmitida neste Texto destina-se estritamente à(s) pessoa(s) que queira se informar com as referida(s) e contém informação confidencial, legalmente protegida, para conhecimento exclusivo do(s) destinatário(s) que são os Espiritas em modo geral e estudantes.
A leitura, exame, retransmissão, divulgação, distribuição, cópia ou outro uso desta comunicação, ou ainda a tomada de qualquer ação baseada nesta informação, por pessoas ou entidades que não sejam autorizados por mim, constitui obtenção de dados por meio ilícito e configura ofensa ao Art.5º, inciso XII, da Constituição Federal.
SARAVA O REINO DAS ÁGUAS CLARAS DO PRÍNCIPE DAS ÁGUAS CLARAS RIO VERDE”
Salve a Jurema Sagrada
Saravá Tupã,
Oke, Oke! Caboclo,
Saravá Os Senhores Mestres,
Salve a Senhoras Mestras,
A sua benção a Todos Os Encantados da Jurema Sagrada,
A Benção de Todos os meus Irmãos Juremeiros
A Benção aos meus Padrinhos Espirituais,
Cidade do Tronco da Jurema Sagrada Príncipe das Águas Claras Rio Verde “


Postado no Grupo de Estudos Boiadeiro Rei





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.