Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Salve tempestade, furacão e terremoto. Salve a Reza!

Axé pessoal! O texto de terça feira mexeu com muita gente, não é mesmo? É, mexeu comigo também quando vivenciei a reza. Mexeu no meu sentido de responsabilidade e no meu senso de valores, me fez descobrir uma força diferente e uma presença Superior infinitamente Divina que está sempre me proporcionando muito aprendizado.

Minha maior pretensão quando escrevi aquele texto era (e ainda é) que muitos desabrochassem para um outro sentido e para um outro perceber da vida espiritual. Claro que cada um tem sua história, tem sua necessidade, tem sua função, tem sua intenção e decepção, mas não podemos deixar de manifestar, exercer e assumir nossa “obrigação” mediúnica. Obrigação essa que foi determinada por nós mesmos, que nos sustenta e que alivia nossas dores, portanto, NÃO podemos deixar de persistir e, mesmo que sob tempestades, em meio a furacões e envoltos por fortes terremotos, nossa crença DEVE ser exercida com toda disciplina, coragem e determinação.

E se alguém achar difícil esse exercer é só entender que sob tempestades estaremos amparados por Iansã, aquela mulher/orixá guerreira e extremamente apaixonada por aquilo que acredita. Que chora, ri, grita, luta e ama, ama muito seus filhos.

Em meio a furações estaremos sendo envolvidos pelo Orixá da Guerra, Ogum, e por toda sua força, coragem, violência, rapidez, firmeza e certeza. Com certeza, nada fica igual depois que Ogum “passa” por nós.

E por fim, será envoltos por terremotos que vivenciaremos o AXÉ de Omulu, o Senhor da Terra. E será com Temor e Alívio, vivenciando a Doença e a Cura, entendendo o Fim e o Começo, atribuições e manifestações desse intenso Orixá, que explodirá uma força Quente e Intensa dentro de nós que fará com que nos movimentemos e que tenhamos a capacidade de construir e reconstruir, fazer e refazer, nascer e renascer tantas vezes quanto forem necessárias até que nos tornemos mais evoluídos e sapientes.

Portanto, que venham muuuuuitas tempestades, furações e terremotos. Que venham muitas oportunidades de fazer diferente e fazer a diferença. Que ENCONTREMOS muitos médiuns e muitos Pais Espirituais em nossa vida, só assim, diante de Encontros, Encruzilhadas e Dualidades teremos certeza que a Umbanda está viva, que ainda há esperança.

E para encerrar essa emocionante semana e nosso ciclo de orações estou postando hoje uma oração muito parecida com a oração de São Francisco, mas que está totalmente direcionada à nossa crença umbandista. É a Oração do Umbandista.

Aliás, penso que é muito importante rezarmos de acordo com nossa respectiva crença. Entendo que é uma atitude totalmente harmonizada e um ato extremamente louvável proferir, pronunciar, verbalizar palavras de acordo com a religião que pregamos e comungamos. Particularmente, acredito que atitudes como essas autenticam nossa Fé, valorizam nossa Crença e engrandecem nossa Religião.

Entendo inclusive que, mais do que autenticar, valorizar e engrandecer nossa religião, essas atitudes nos colocam muito mais próximos, nos põem na mesma vibração, nos inserem na mesma energia do Sagrado que acreditamos.

Chego a imaginar como fica o Astral, a energia e o magnetismo quando um médium ‘bate cabeça’ a determinado Orixá, recebe certo amaci, faz específica oferenda e depois, na hora de rezar, na hora de pronunciar, na hora de agradecer e garantir sua fé, fala em nome de anjos, de santos ou de outras forças que não estão e não atuam na mesma vibração que os Orixás e que a Umbanda, mas isso será tema de um outro post.

Vejam que linda essa oração e deixem que ela sirva de inspiração para que a Umbanda, a mediunidade, a missão espiritual possa ser assumida e vivenciada com mais amor, respeito e determinação.

-

Oração do Umbandista

Senhor, fazei de mim um instrumento da Vossa Comunicação.

Onde tantos mistificam, que eu leve a palavra da verdade!

Onde tantos procuram ser servidos, que eu leve a alegria de servir!

Onde tantos fecham os olhos para a prática do bem, que eu abra meu coração para acolher!

Onde tantos usam a Umbanda como comércio, que eu seja usado pela Umbanda para o Amor!

Onde tantos espalham a ignorância e o preconceito, que eu saiba agir pela Luz do Conhecimento e da Razão!

Onde a vida perdeu o sentido, que através da Umbanda eu leve o Sentido de viver!

Onde tantos me pedem um “despacho”, que eu saiba ensinar a benção do trabalho interno!

Onde haja doença, que eu leve a vibração de saúde do Sr. Oxossi.

Onde haja desespero que eu leve a concórdia e a placidez das Águas.

Onde houver desânimo, que eu leve a determinação e tenacidade do Sr. Ogum.

Onde houver injustiça, que eu leve o discernimento e a justiça do Sr. Xangô.

Onde tantos me pedem um milagre, que eu seja a humildade do Preto Velho!

Onde tantos estão sempre distantes, que eu possa fazer a Umbanda sempre presente!

Onde tantos sofrem da solidão que faz morrer, que eu seja a pureza de Ibejada, espalhando a alegria!

Onde tantos morrem na matéria que passa, que o Sr. Omulu me abençoe com a vibração da terra, geradora permanente de vida.

Onde tantos olham para a terra, que eu seja um espelho de Aruanda, a refletir sua Luz na terra!

Saravá Umbanda

Escrito por Mãe Mônica Caraccio

Fonte: Minha Umbanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.