Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

domingo, 29 de abril de 2012

Quem é Capaz?



Axé a todos! Em algumas postagens anteriores comentei sobre a importância e a força da fala, afirmei o quanto a fala tem poder e o quanto é sagrada para os africanos iorubas que têm suas estruturas religiosas baseadas pela oralidade.
Pois bem, hoje quero provocar uma reflexão sobre a importância de ouvir, ou melhor, de escutar. Ouvir é a capacidade de perceber o som, jáEscutar é a capacidade de ESTAR ATENTO para perceber o som, coisas bem diferentes, não é mesmo?
Escutar é algo ativo, uma ação que está relacionada ao ‘querer’ – querer ouvir, querer perceber, querer saber. Ouvir é algo natural e passivo, é como respirar e muitas vezes nem percebemos seu movimento, sua atuação, forma e função. Ou seja, muitas vezes não damos atenção para o que ouvimos, para os sons que entram em nossa mente, consequentemente ouvimos demais ou nada ouvimos, quase sempre sem nenhuma capacidade de discernir, de separar o joio do trigo ou de relacionar com a verdade.
É tão comum o desejo de respostas e de soluções para nossos problemas que não conseguimos escutar a solução. Deixamos as perguntas martelar nossa mente, nos ocupamos excessivamente conosco mesmo e falamos descomedidamente coisas desnecessárias que não deixamos espaço para o Escutar, para o Novo, para a Resposta propriamente dita.
Esse pequeno conto (desculpe, mas não conheço a autoria), pode ajudar o entendimento dessas colocações: Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:
Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa? 

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi: - Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia. 


Perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos? 

- Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.
 Afirmo com tranquilidade, se pararmos um pouco para escutar, nos surpreenderemos com as inúmeras vezes em que as ‘respostas’ nos são dadas, nos espantaremos com a forte influência que os sons têm sobre nossos sentidos e nos abismaremos com o falar, com o sentimento e com as necessidades do outro.
Saber ouvir escutar é uma das colunas da felicidade. Escutar é perceber nosso universo, nossa real necessidade e realidade, da mesma forma que é perceber o Outro, assim, é um dos caminhos para se conquistar a Paz, tanto interna como externa. É o meio para se conquistar o bom relacionamento e para boa convivência, mesmo porque, relacionamentos sem comunicação, sem a capacidade de ouvir, estão destinados ao fracasso, à briga e ao desconforto.
Rubem Alves ainda nos faz pensar um pouco mais dizendo: “De todos os sentidos, o mais importante para a aprendizagem do amor, do viver juntos e da cidadania é a audição. Disse o escritor sagrado: “No princípio era o Verbo”. Eu acrescento: “Antes do Verbo era o silêncio.” É do silêncio que nasce o ouvir. Só posso ouvir a palavra se meus ruídos interiores forem silenciados. Só posso ouvir a verdade do outro se eu parar de tagarelar. Quem fala muito não ouve”. (‘Arte de Ouvir’, Rubem Alves – www.rubemalves.com.br)
Com toda experiência de vida adquirida e com a imensa responsabilidade espiritual que hoje tenho, posso afirmar que escutar os outros é algo que as pessoas de nível espiritual elevado sempre entenderam a importância, a exemplo podemos lembrar de Chico Xavier ou até mesmo de Jesus Cristo que marcaram a humanidade pelo “simples” fato de escutar.
Enfim… Escuta-se com o silêncio, com a respiração, com a aceitação, com os olhos, com as mãos, com o corpo e com todas as células do corpo, inclusive com os ouvidos… Escutar é uma arte, é mais que ouvir e mais que estar na frente de alguém, é uma capacidade que precisa ser desenvolvida constantemente e que exige esforço, treino, determinação e bem querer.

A arte da escuta é algo divino

*** Osho ***
Se você puder escutar corretamente,
aprenderá o segredo mais profundo
da meditação.
Ouvir é uma coisa, escutar é totalmente
diferente; são mundos separados.
Ouvir é um fenômeno físico; você ouve
porque tem ouvidos.
Escutar é um fenômeno espiritual; você escuta
quando tem atenção, quando seu interior
se une a seus ouvidos.
Escute os sons da natureza e da mesma
forma escute as pessoas.
Escute sem impor coisa alguma ao que
você está escutando – não julgue,
pois no momento em que você
julga, a escuta cessa.
Uma pessoa realmente atenta permanece
sem tirar conclusões, nunca conclui
sobre coisa alguma, porque a vida
é um processo, não se esgota
no seu julgamento.
Somente os tolos podem concluir;
o sábio hesitará ante as
conclusões.
Escute, portanto, de uma forma aberta,
atenciosa, alerta e receptiva.
Simplesmente esteja presente,
totalmente com o som que
o circunda.
Você ficará surpreso, pois perceberá
que está realmente escutando e,
ainda assim, haverá silêncio.

Osho, em “Osho Todos os Dias – 365 Meditações Diárias”
___________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.