Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

A Linha das Crianças na Umbanda

“Queira apanhar de um Exu ou Preto-velho, mas não de uma Criança.”

Quem ainda não ouviu esse comentário? Comentário que mostra a força que esses espíritos possuem.

As Crianças trazem a alegria para os Terreiros mas, infelizmente, nem todas as pessoas ou médiuns sabem da importância dessas crianças dentro de uma gira de Umbanda e acabam desvirtuando e levando somente para o lado da brincadeira ou diversão. Muitas pessoas acabam por fim esquecendo-se de respeitar ainda mais as crianças que, através de suas brincadeiras, nos trazem o alívio e, muitas vezes, a cura para determinadas doenças espirituais, provocadas por energias densas que estão entranhadas em torno de nosso espírito e matéria.

São espíritos sábios, de muita luz que não aceitam pensamentos maus ou negativos. Representam a inocência e pureza do ser humano e as usam para melhor cumprir sua missão, em seus trabalhos espirituais dentro dos terreiros. Trabalhos esses que não se resumem em apenas atender um pedido para ajudar a achar determinada coisa que está sumida, mas sim, através da renovação, contribuir para a evolução e aprendizado de seus médiuns e aqueles que os procuram. Por isso mesmo, a Linha das Crianças é regida por Ibeiji - o único Orixá permanentemente duplo. Ibejí ou Ibejís são os Orixás africanos que protegem as crianças. Foram sincretizados com São Cosme e São Damião, são conhecidos na Umbanda como os Orixás da alegria e do amor. Ibeiji está associado a tudo que se inicia: o nascimento de uma pessoa, o germinar das plantas, etc...

A Data comemorativa da Linha das Crianças é dia 27 de Setembro. Neste dia têm-se costume de enfeitar os terreiros com bandeirinhas, muitos doces, brinquedos, bolos; enfim, tudo que uma festa de criança requer. Há terreiros e pessoas que distribuem doces e brinquedos em forma de agradecimento a alguma graça alcançada ou, até mesmo, como missão.

As crianças da Linha de Cosme e Damião não gostam de assuntos ligados à morte. Não atuam somente em praças ou jardins, mas também, nos mais diversos pontos da natureza, tais como: praias, cachoeiras, matas, pedreiras, etc., e recebem suas oferendas também nesses lugares.

As oferendas são doces variados e coloridos, acompanhados de refrigerantes (o mais usado nas oferendas é o Guaraná) ou suco de frutas, água, água com mel, água com açúcar, devendo-se evitar os doces e refrigerantes escuros. As velas, basicamente, são as velas azuis e rosa, podendo variar dependendo do ponto de atuação na natureza da Criança que se vai oferendar.

Adoram ganhar brinquedos e fazem deles alguns de seus instrumentos de trabalho quando incorporados, por isso é comum ver uma criança pegar o nome de alguém e colocar, por exemplo, dentro do seu carrinho ou boneca, junto com a chupeta, etc...

Esses Espíritos têm acesso a vários planos espirituais e respostas para as mais difíceis perguntas e muitas vezes atuam como mensageiros dos Orixás.

Nas giras, eles incorporam nas mais variadas formas, algumas vezes, virando uma cambalhota, outras pulando muito, rolando no chão, etc. Esse tipo de comportamento na incorporação nada mais é do que uma forma de descarregarem seus médiuns e as pessoas ali presentes e, ao mesmo tempo, trazendo a alegria para o ambiente.




Fonte: http://www.genuinaumbanda.com.br/temas_variados/a_linha_das_criancas_na_umbanda.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.