Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Severino Boiadeiro



Boa noite pra quem é de boa noite, e benção para quem é de benção..!!!!
Novamente venho através do meu menino “prosia um bucadinho com oceis”, assim “nois tudo pode melhorá e conseguir um conforto espiriuar.”
Num outro dia desses “ai pra trás”, numa das minhas andanças,  encontrei Seu Severino, Boiadero “forti e turrão”, que sentado na porteira me chamou pra uma “proza”, e eu mais que depressa me apoiei perto “da cerca dele para escutar suas estória.
Passando a mão em seu espesso bigode Seu Severino fala com aquela voz grossa “pra Eu”:
-          “Salve Mestre Jangada, o que sunce faiz por essas banda, ta vindo de outra lida com os escarnadu ou novamente pousou na casa do Velho João?”


Arrumando minha gravada, e dobrando as manga do meu terno respondo “bem dipressinha”:


-          “Salve Severino Boiadeiro, pousei dinovu na cabana do Veio João e da Vó Benedirta, a Vó mi fez café e tudo, proseamu bastanti, e oce o que faz ai debruçado nessa porteira?”
Respondendo com o vozeirão de “trovão”, e sorrindo :
-          “Mestre Jangada, to aqui pensando numas coisas que tenho vistu pur ai, sunce sabe que as veis nóis atraveis de nosso meninu também vai na terra dos encarnado prozear, e ontem foi um dia desses, e fizemu um grande trabaio viu, limpemu bem as pessoa encarnada que fórum lá, trucemu uns desencarnado para aprende umas coisa por aqui e deixar de incomodar os encarnadu, mas memu assim voltei cum aperto enormi no peito viu Mestre Jangada, aqueles aperto que demora uns dia pra passa viu..!!!”
 Franzindo minha testa reclamo:
 -          “Qui é isso Severino, ta ficando mole ou mangando deu, nunca vi sunce reclamar de trabaio, ta parecendo eu, Malandro que pode recramá, Boiaderu num recrama não...exprica meio essa situação?”
 Agora com o Semblante bem serio Seu Severino responde:
 -          “Mestre Jangada, sunce acha memo que to mangando de sunce, oras toma tento que sunce memu sabe que boiaderu num fica mangando de ninguem não, mas vamu expricá meio essa prosa toda, imagina assim Mestre Jangada, - agora de pé ao meu lado Seu Severino continua – sunce sabe que eu cuido dessa terra tudo e tem um monti de cumpanheiro que me auxilia no trato das coisa né, então assim ohh, imagina pur um instante meu meió pião, aquele que nois cunfia memu, aquele que nasceu e vive para a lida, aquele Irmão de Fé de verdadi, aquele que não mede esforçu nenhum para ajudar tudu mundo que precisa, imagina eu tirar ele dessa lida e fazer com que ele só fique aqui carpinu um porquinhu de capim?”
Sem entender nada respondo:
-          “Ia ser um enormi disperdicio né Seu Severino, fora o mar estar que esse companheiro iria ficar por não ser meio aproveitadu!”
Ainda serio Seu Severino responde:
-          “Isso memo por isso to chateado, os encarnado faz isso todo tempo cum nois, eles acha que nois somu burro de carga, ou pior eles acha que nois tamo lá para desatolar a vida deles..!”
Sem entender só balanço minha cabeça para Seu Severino continuar explicando suas idéias:
-          “Então Mestre Jangada, temu tanta coisa para explicá pra quela gente encarnada toda, e eles teimam e ficar pedindo O Amor que Fugiu, fica pedindo trabaio melhor, eu me preparei demais para isso tudo, fazemu um esforço enormi para se desdobra energeticamente de nosso plano para o plano deles, nos premaremu nas esfera superior com os Grandes Mestres por muito e muitos anus, estudamu o tempo todo, amparamos milharis e milharis de espíritos, e quando chegamos lá no casua deles, eles teimam e pedir soluções pras enrascadas que eles se meteram ao inveis de ter responsabilidade na vida deles e se torna um espritó meio, to aqui pensando num modi de mudar essas coisa tudo viu Mestre Jangada!”
 Concordando com a minha cabeça e respondendo ao Seu Severino:
 -          “O Sinhô tem razão Seu Severinu, mais os encarnadu num sabe ainda dessas coisa tudo não, o que nois tem que faze agora e exprica direitinho, Tim-tim por Tim-tim o que nois é capais de faze, deixar bem claro que nois num resorve nada da vida deles, o Maximo o que nois faz e facilitar a vida deles e prozear um pouquinho, assim mostra pra eles que é meió pedir entendimento do pur quê da não fartura material, exprica que eles estão na situação que eles estão por escolhas da vida deles, e que a saída dessas situarção e uma escolha também, assim escutando meio o que nois temu pra dizer e pedir mais responsabilidade e a meió receita pra solução dessas coisa tudo!”
 Coçando o bigode Seu Severino pergunta:
 -          “Exprica meió isso tudo Mestre Jangado, sunce me deixo confuso?”
 Sorrindo respondo:
 -          “É simpres Severinu, e só dizer assim pra eles tudo ohh, - Gente para de recrama, seis tão ai por que oceis merece , oceis que procuraram tudo essas coisa e agora vão te que sair do buraco sozinho, e o melhor jeito de sair do buraco e olhar pra cima e ver que o passo que oceis derum pra cair ai dentro, e assim com as perna de oceis tudo, um passo de cada veis, oceis escala a parede do bucaro e sai, pois a urnica certeza que nois pode da pru ceis é que quando oceis saírem do buraco o primeiro abraço que oceis vão ganha vai se de nois e que se o ceis precisar de uma palavra de apoio ou motivação na escalada oceis pode ter certeza que nois vamu ta lá firme e forti pra ajudar oceis tudo!”
Sorrindo Seu Severino continua:
-          “Tendi, o que nois tem que faze é somente dar a responsabilidade da vida deles devorta para eles e encinar que não é Deus qui que as coisa, quem que as coisa são eles propriu.”
Nesse momento abraço Seu Severino e falo:
-          “Isso memu, assim eles vão evorlui e ficar espiritus meió, assim eles vão sair dessa encarnação muito meio do que eles chegaram, pois cada quar responde por si só, agradeço demais a prosa Seu Severinu, mais to inu encontra o Povo lá na vila e o tempu, pra variar, ta contra eu, fica na Paz Seu Severino Boiadeiro.
Seu Severino responde:
 -          “Vai cum Deus Mestre Jangada e vê se sunce aparece mais por essas banda daqui.”
Andando , sigo meu caminho sem olhar para traz, e assim Amor desejo a todos e reflito os auspícios dos divinos em suas vidas e Boa Noite para quem é de Boa Noite, e Benção para quem é de Benção
Escrito por Jangada
Fonte: Nucleo Neve

Oração ao Severino Boiadeiro


Caboclo boiadeiro traz amor urgente 
Chetúa, chetá meu boi, Chetúa. 
Salve o caboclo boiadeiro da Jurema e busca SEVERINO com seu laço de couro cru na mão, e corta com seu facão todo mau que esta atrapalhado o nosso romance, nossa união, nossa reconciliação cortando do nosso caminho todos os empecilhos com o seu facão. 
Faça com que os laços que o prendem Severino longe de mim, se existirem, seja soltos; que os maus sentimentos que lhe tenham, sejam extintos; que nada o prenda ao mundo, a não ser a luz do meu olhar NR; que nenhum calor aplaque seu frio, senão o do meu corpo NR; que nenhuma mulher complete o seu prazer, que sinta prazer só comigo NR, que a sua solidão só encontre consolo na minha presença NR. 
“Fazer, Senhor, com que eu seja amada por ele e que ele perceba em meu amor, a redenção de sua vida. E que a Tua bênção seja o laço que nos une. Amém. 
Salve o caboclo João Campeiro, campeia SEVERINO e traga ele aos meus pés agora, já e já, se ele resistir a essa reconciliação, o amarre com seu laço de couro cru e traga aos meus pés. Que assim seja amém. 
Rezar 1 Pai Nosso com 3 AVE MARIAS

Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.