Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

domingo, 3 de março de 2013

Pretos "Velhos" Kimbandeiros


Saudações leitor!

Embora estejamos vivendo um período de muitas informações dentro da Umbanda não encontramos consenso na maioria dos temas. Sempre ouvimos alguma coisa sobre os “pretos velhos quimbandeiros” rodeado de toda sorte de interpretações.

Um tempo atrás no ICA-Templo manifestaram um grupo de espíritos com esta identificação, com o propósito de nos esclarecer melhor sobre seu trabalho e característica, deste contato ficou um resumo, ditado por Tio Gerônimo.

Leia, medite, pondere, permita!

Grande abraço!


PRETOS “VELHOS” KIMBANDEIROS

“Nóis é nêgo que vem pra trabaiá
Trabaiá pra todo mal leva
Nóis vem na Umbanda
Nóis vem na Quimbanda
Em toda banda nóis há de baixá”

Salve á todos que são de boa noite, salve a todos que são de bom dia!

Agradeço ao nosso Deus Criador, agradeço a todos amigos trabalhadores.

Fio, nesta oportunidade de poder vos falar sobre nosso trabalho desejamos que todos leiam isso de bom coração, de mente limpa e sem barreiras, pois são as barreiras impostas por conceitos limitadores e preconceitos diversos  é que dificultam tanto o progresso da humanidade.

Não sou de prosa difícil e elaborada, a mim seria preferido falar em rima e fluído.

Nossa banda, nossos amigos do plano espiritual que se identificam como “pretos velhos quimbandeiros” assim ocorre pois pela familiaridade na origem é que os Pais Velhos nos permitiram chegar na Umbanda velados em seus trabalhos.
Mas não estamos neste grau evolutivo, nem nos apresentamos como anciões. Somos negros, somos africanos.

Fomos conterrâneos do Brasil, logo após a escravidão e herdamos de nossos pais e avós suas rezas, mandingas, mirongas e cultos. Poucos entre nós viveram o período de escravidão, de senzala. Estes ainda passaram por esta situação logo no final deste triste período.

Nós, os “Negros Quimbandeiros” somos a sucessão, a continuidade.

Já desencarnados pudemos continuar nossas práticas mágicas e mirongueiras em várias oportunidades e regiões. Nos fortalecemos no culto de Catimbó, nas Macumbas, Xangôs e na Quimbanda[1]propriamente. Mais tarde em alguns Candomblés que já estavam permitindo a interação com “eguns” e mais recentemente na Umbanda onde será o meio pelo qual estabeleceremos um trabalho efetivo e genuíno.

Há muito preconceito para superar e muito trabalho a fazer.

Nosso trabalho dentro da Umbanda é conhecido como “pretos velhos quimbandeiros” pois somos invocados em ocasiões de combates específicos de magia negra dentro de uma gira de pretos velhos. No entanto, que fique esclarecido, não somos Exus.

Fazemos uma ponte entre a vibração africana, a magia africana e a vibração de Exu. Podemos trabalhar juntos dos Pretos Velhos e dos Exus. Há quem diga que não há necessidade de nosso trabalho existir, lamentavelmente perdura entre vocês encarnados e Umbandista as limitações sobre liberdade de ação mediúnica e espiritual.

Estamos em busca do nosso progresso espiritual e tivemos a oportunidade concedida pelos Mestres Astrais de voltar ao plano físico pela via mediúnica e religiosa para desenvolver um trabalho de caridade, orientação e apoio aos encarnados.

Falamos a quem quer nos ouvir, ajudamos a quem tem fé e abençoamos a quem pedir.

Oportunamente que fique registrado que os Negros Quimbandeiros não praticam em hipótese alguma magias negativas ou qualquer ação contra a lei e a harmonia, isso ocorreu no passado. Qualquer ação deste gênero em nosso nome pode ser considerado uma farsa.

Vocês médiuns, tenham em nós companheiros para auxiliar no precioso trabalho que é ser um mediador do Astral na terra.

Deixo meu axé e até outra oportunidade.

Salve Umbanda

Salve Kimbanda

Salve a Mironga

Salve a Magia

Salve todas as bandas!

09/11/12 – 23hs, após a primeira gira de Negros Kimbandeiros no ICA-Templo

Nota do Médium: embora a quimbanda esteja relacionada á práticas de magia negativa, os negros quimbandeiros são espíritos de maior evolução e que jamais se utiliza deste recurso. Etimológicamente é equivocado dizer que sejam Kimbandeiros. Portanto o termo quimbandeiro para estes espíritos se deve pelo fato de trabalharem com a vibração de exu em suas magias.

 [1] Quimbanda é um culto afro-brasileiro com forte influência bantu e muito influenciado pela magia negra europeia (goécia). Sincretizado com o catolicismo seu culto é voltado para o Orixá Exu com a conotação de demônio. O Quimbandeiro é um feiticeiro e seu culto não tem um limiar caritativo onde a comercialização da magia negativa é comum para todo tipo de objetivo.  JáKimbanda significa algo como “cu­ran­deiro” em kimbundu, um idioma bantu falado em Angola. O kim­banda é uma espécie de xamã africano. O ofício do kimbanda é chamado de “n’ban­da” (leia-se “umbanda”). O Kimbandeiro é como o médium na Umbanda e o Preto Velho é a figura que retrata perfeitamente o Kimbandeiro. Na Kimbanda jamais se pratica o mal.

Fonte: http://rodrigoqueiroz.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.