Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

sábado, 25 de maio de 2013

Mensagem do Guardião dos Sete Portais

 
Não dou a um devedor, mas não tiro de um credor,

Não peço o impossível, mas dou apenas o possível,

Não infrinjo a Lei, e pela Lei não sou incomodado,

Não castigo um inocente, mas não perdoo um culpado,

Não tomo de quem achar, mas não devolvo a quem perder,

Não liberto o condenado, mas não aprisiono um inocente,

Não deixo subir aos que fizeram por merecer a queda,

Não faço chorar o inocente, mas não deixo sorrir o culpado,

Não revelo o oculto, mas não oculto o que pode ser revelado,

Não traio a ninguém, mas também não deixo de castigar um traidor,

Não derrubo a quem não merece, nem elevo a quem não fizer por merecer,

Não dou tudo o que me pedem, mas tudo que dou foi porque me pediram,

Não ajudo a morrer quem quer viver, mas não deixo vivo quem quer se matar,

Não salvo a quem quer se perder, mas não ponho a perder quem quer se salvar,

Não ajudo alguém que não queira ser ajudado, mas não nego ajuda a quem merecer,

Não pego o poder do Senhor da Luz, mas não recuso o poder do Senhor das Trevas,

Não induzo alguém abandonar o caminho da Lei, mas não culpo quem dele se afastou,

Não sofro de remorso por castigar aquele que a Lei derrubou, assim como nada sinto ao premiar a quem merecer,

Gosto de ensinar a quem quer aprender, mas também gosto de castigar a quem aprende e faz mau uso do saber,

O maior rio não rejeita a menor gota de chuva, nem o maior exército ao seu mais fraco soldado,

Só respeito a Lei do Grande da Luz e das Trevas, e nada mais,

O maior rico é aquele que valoriza o menor dos seus bens,

Há o fogo para queimar, e há água para saciar a sede,

Há a terra para germinar, e há o ar para oxigenar,

Há tantas coisas e, no fim, são somente partes do um,

Eu sou a mão que castiga, e a outra que acaricia,

Eu sou a mão que derruba, e a outra que levanta,

No meu reino, eu mando e sei me comportar,

Sirvo a Luz, mas também sirvo as Trevas,

EU SOU O QUE SOU E ME ORGULHO DISSO, PORQUE SEI QUE SOU NECESSÁRIO A LEI.


Mensagem do Guardião dos Sete Portais - Retirado do livro O Guardião da Meia Noite


Salve os Nossos Guardiões que levam Luz as Trevas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.