Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

OS ELEMENTAIS

Em primeiro lugar, vamos entender o que seriam os Elementais da Natureza, a fim de compreendermos suas atuações nos trabalhos caritativos de cura espiritual, principalmente trazendo as benesses das ervas.
“Cada planta traz em sua essência um Espírito elemental; portanto o respeito para cada ser é importante, já que estamos aprendendo com eles; sempre deveremos os reverenciá-los”.
 
Irei explicar um pouco dos elementais e depois colocarei algumas perguntas e respostas do Pai João - um preto velho.
 
Os Elementais: são os Espíritos da Natureza ou Fadas: os espíritos dos quatro elementos (ar, água, terra e fogo).
 
 

os 4 elementos

os 4 elementos
Água, Fogo, Terra e Ar
 

Grupo de Elementais

grupo de elementais
 
Quem são os Elementais  
 

Elementais da terra:

 

GNOMO

GNOMO
 
Constituído principalmente de Duendes, Gnomos e Trolls, existem nos gêneros masculinos e femininos e possuem as seguintes características: são pequenos ou muito grandes, podem trocar de forma, sua pele pode ser enrugada e marcada com uma pedra ou rocha. Normalmente são alegres e possuem bom humor e gostam riquezas.de fazer brincadeiras com as pessoas.

Gostam de viver em regiões montanhosas, desfiladeiros, raízes de árvores, etc. Adoram repetir rimas em forma de canção e são exímios artesãos. Podem ainda, tomar a forma de animais e rapidamente tornarem-se invisíveis ou visíveis, assim como podem fazer desaparecer objetos. Eles são os guias de nossos tesouros interiores e das verdadeiras qualidades.

Seus principais representantes são os gnomos, criaturas de cerca de um metro de altura que vivem no interior da terra (embora existam gnomos da floresta, que cuidam basicamente das raízes das plantas).

Os kobolds, menores que os gnomos, são mais amigáveis e prestativos para os humanos que seus parentes, embora sejam igualmente cautelosos.

Os gigantes Trolls são entidades enormes que costumam estar ligados à montanhas, embora também possam viver em florestas antigas.

Os Devas da Montanha, são os elementais da terra mais evoluídos, entidades que permeiam e trabalham com uma montanha ou uma cadeia inteira de montanhas, com sua consciência tão profundamente imersa na Terra que mal tomam conhecimento da existência de criaturas de vida breve, como os homens.
 

Elementais da água:

 

Rainha das Sereias

Rainha das Sereias
 
As Ondinas, Nereidas e Sereias são os elementais da água e têm vida própria. Onde há água e seres aquáticos eles estão presentes. Guardiões das fontes, rios, lagos, pântano e mares, as ondinas, que vivem nos movimentos de água, as sereias, que penteiam seus cabelos nas rochas, muitos tipos de ninfas e nereidas, mantêm a água limpa e dirigem suas correntes.
Os elementais da água são belos, sedutores, atrativos, sensuais, românticos, brincalhões, porém, também podem ser perversos. Gostam de cantar e adoram música. Movem-se na água, debaixo dela e, em alguns casos, em formas energéticas da água.
Assemelham-se a belas donzelas, muitas vezes com caudas de peixe; gostam de música e dança, e têm o dom da profecia. Embora possam ajudar eventualmente os seres humanos, estes têm de se acautelar com tais espíritos, que podem ser traiçoeiros e afogar pessoas. Da mesma forma que os espíritos das águas, as náiades presidem os rios, correntezas, ribeiros, fontes, lagos, lagoas, poços e pântanos.
 
 

Elementais do fogo:

Salamandra

salamandra 

Salamandras, Dragões, Flâmines são os elementais do fogo e apresentam características similares: são poderosos, dinâmicos, luminosos, brilhantes e chamejantes. Nunca estão quietos, encontram-se em contínua transformação e adoram o movimento. São inteligentes e valorizam sua liberdade e independência.

Habitam o subsolo vulcânico, os relâmpagos e as fogueiras. São mais poderosos que as fadas dos jardins, mas estão mais distantes da humanidade também. São espíritos de transformação, responsáveis pela conversão de matéria em decomposição em solo fértil. Podem agir também como espíritos de inspiração, mediadores entre o mundo angélico e os níveis físicos de criação.
 

Elementais do ar:

 

PERALDA

PERALDA
Silfo das Montanhas
 
Desde o sopro do vento até o furacão, em todas as partes eles estão presentes. Os guardiões dos quatro ventos cavalgam na tempestade, os Silfos voam aqui e acolá na ligeireza do ar. Os espíritos das tempestades sopram; elevam os animais do ar e transportam as sementes de um lugar para o outro.

Ocupam-se do correto intercâmbio da energia e decretam a força divina da união, da renovação, translado e divulgação, assim como do envio de informação e novos impulsos.

Os Silfos são delicados e claros e estão dotados de beleza, humildade e sabedoria. Vigiam a atmosfera, que se constrói com distintas correntes e conferem à luz suas propriedades específicas. Mostram-se nos pequenos animais do ar, libélulas, borboletas, abelhas, assim como em todos os insetos voadores
 

Habitantes do mundo invisível aos olhos humanos, vivem num mundo e universo próprios, com suas leis, filosofia, objetivos e modo de vida totalmente particular. São como espíritos que possuem ligação direta com os elementos da natureza.

Essas criaturas são por isso, chamadas de espíritos da natureza, uma vez que elas vivem em contato permanente com a fauna e flora, as quais têm a missão de defender.

Elemental significa "Espírito Divino". Estes são os espíritos da natureza.

Os elementais são dinamizadores das energias das formas e integram-se aos Elementais da Natureza.

Sua definição de seres elementais deriva-se do princípio de que os quatro elementos da natureza, descritos na antiguidade: Terra, Água, Ar e Fogo, possuíam, em verdade, duas naturezas: a "física", ou seja, a natureza passível de avaliação pelos sentidos e a outra, a "espiritual", relativa à essência dos elementos.

                                             

As fadas são uma criação elemental da evolução do ar. Os silfos revelam um grau mais evoluído de desenvolvimento. Em todos os momentos do dia, podemos discernir os alegres silfos do ar, atarefados em suas atividades líricas sobre os campos da Terra. As ordens avançadas desse reino são encontradas nos governantes dos ventos e das nuvens.

No último discurso de Sócrates, tal como foi preservado no Fédon de Platão, o filósofo condenado à morte diz: - "acima da Terra, existem seres vivendo em torno do ar, tal como nós vivemos em torno do mar, alguns em ilhas que o Ar forma junto com o Continente; e numa palavra, o ar é usado por Eles, tal qual a água e o mar são por nós, e o Éter é para nós.

Mais ainda, o temperamento das suas estações é tal, que Eles não têm doenças e vivem muito mais tempo do que nós, e têm visão e audição e todos os outros sentidos muito mais aguçados do que os nossos, no mesmo sentido que o Ar é mais puro que a Água e o Éter do que o Ar.

Eles também têm seus templos e Lugares Sagrados, em que os Deuses realmente vivem, e Eles escutam sua vozes e recebem suas respostas; são conscientes de sua presença e mantêm conversação com Eles, e Vêem o Sol, e vêem a Lua, e Vêem as Estrelas, tal como realmente são. E todas suas bem-aventuranças, são desse gênero"...

Eles são os mais altos de todos os Elementais, mais alta taxa vibratória. É comum o seu Elemento Nativo é o de atingirem 1000 anos de idade, não envelhecem nunca. São os Silfos, que têm como líder um Silfo chamado Paralda, e vive na mais alta montanha da Terra.

Acredita-se que os Silfos reúnem-se em torno da mente dos sonhadores, dos artistas, dos poetas, e os inspiram com seu alto conhecimento das maravilhas e obras da Natureza.

São de temperamento alegre, mutável e excêntrico. À eles, é atribuída a tarefa de modelar os flocos de neve e arrebanhar as nuvens, sempre desempenhando esta tarefa com a ajuda das Ondinas, que lhes fornecem a humidade.

ALTAR PARA OS ELEMENTAIS:

Escolha um lugar de Floresta (de preferência), pode ser num canto do seu jardim, ou em uma varanda cheia de plantas. Faça um altar com Pedras, coloque uma tigela de barro para oferecer frutas, um incensário de madeira ou bambu e castiçais de pedra. Acenda um incenso e velas coloridas sempre que fizer uma oferenda com frutas. Pode-se colocar flores e mel. Não coloque nada de plástico ou coisas que não sejam naturais. Se quiser pode também colocar uma fonte feita de elementos naturais (pedras, cristais, bambus madeiras) e deixe ligada junto ao altar.


ORAÇÃO AOS ELEMENTAIS:

Pequeninos guardiães
Seres de luz infinita
De dia me tragam a paz
De noite os dons da magia
Invisíveis guardiães
Protejam os quatro cantos da minha alma
Os quatro cantos da minha casa
Os quatro cantos do meu coração. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.