Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Uma linda conversa com Seu Martin





Venho através desse blog, expor uma historia própria dita pela a entidade de um marinheiro para alguns e marujo para outros.

Numa visita inesperada, Seu Martin me colocou um pouco de sua historia quando em vida.
Em meados de 1800, nasce um lindo menino no qual é abandonado e deixado a beira das águas, esse menino salvo por um grupo de homens da pesca acaba sendo criado junto aos pescadores, tendo ao meio um pescador no qual sempre o tratou com mais carinho e o nomeou de Martin.
Quando Martin completou cinco anos de idade esse pescador no qual tinha um grande carinho, leva o menino para sua esposa criar. Naquela humilde casa de barro morava a esposa e filha desse pescador, porem jamais imaginaria que naquela casa teria tanta maldade, sim por longos anos Martin foi maltratado, torturado por aquela suposta madrasta, uma mulher muito ruim que não aceita a vinda daquele “estranho” para a sua humilde casa.
Como relatos do próprio, essa mulher quando Martin era pequeno torturava com beliscões até machucar e sangrar o menino e devido a esses maus tratos os momentos de alegria que Martin tinha era junto aos homens da pesca em seus barcos, ali ele se sentia feliz, porem a sua primeira paixão foi justamente a filha desse pescador que o criou e ela também se apaixonou completamente por Martin, porem aquele amor jamais seria aceito, contudo ela que sempre cuidava de Martin com amor e um verdadeiro carinho.
Passaram longos anos a “Madrasta” de Martin foi adoecendo e para surpresa de muitos, Martin foi quem a cuidou até seu ultimo dia de vida.
Após a morte de sua “Madrasta” ele passou a viver ainda mais nas águas, se tornando pescador, crescendo junto aqueles que um dia lhe deram o direito de ter uma família e passando a viver cada dia com mais intensidade.
Mesmo com seus erros nos quais ele veio pagar em terra nos dias de hoje, Martin quando em vida teve a sua historia cheia de altos e baixos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.