Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

terça-feira, 26 de abril de 2011

O Paletó do Boiadeiro - Pedro Bento e Zé da estrada



Escrito por Nelson Gomes e Pedro Bento
Moda de Viola

Um peão de boiadeiro certo dia resolveu
O seu cavalo de raça na cidade ele vendeu,
Mil e quinhentos reais foi quanto ele recebeu,
Pegando aquele dinheiro
Gritou pro seus companheiros hoje quem paga sou eu.

No primeiro bar que entrou com seus amigos do lado
Gastou cinqüenta reais do dinheiro arrecadado,
No bolso do paletó o resto ficou guardado
Nesse dia ele abusou
Tanta pinga ele tomou que ficou desnorteado.

Quando voltou pra fazenda já era de madrugada,
Chegou sem o paletó não se lembrava de nada;
Não sabia onde perdeu, falou pra companheirada,
O que eu sinto mais na vida,
É uma oração da Aparecida que eu trazia bem guardada.

O paletó na estrada pelo vento era levado
Os carreiros que passavam pra não ver os bois assustado
Chuchava com o ferrão e pros barrancos era jogado
Até um andante passou
Com desprezo ele chutou o tal paletó rasgado.

O peão num belo dia por ali tornou a passar
Com surpresa ele avistou no meio de um arrozal,
Era um judas balançando num galho de cambará
Servindo de espantalho
Todo molhado de orvalho seu paletó estava lá.

Aquele paletó velho que a poeira escureceu
A pessoa que achou em seus bolso não mexeu
Estava lá todo o dinheiro e a oração que ele perdeu
Sei dizer que depois dessa
Cumprindo uma promessa nunca mais ele bebeu.
Postado no Grupo de Estudos Boiadeiro Rei

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.