Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quinta-feira, 26 de maio de 2011

PAI XANGÔ

ORIXÁS DA UMBANDA - XANGÔ



Antes de iniciar esse post, quero ressaltar que as singelas explicações abaixo referem-se aos Orixás na Umbanda. Sabemos que os irmãos do Candomblé, do Batuque e outras religiões de matriz africana, possuem outros conceitos, explicações, utilizam-se da mitologia, entre outros elementos, para explicar e trabalhar com os Orixás. Nesse blog, respeitando todas as opiniões diversas, serão passados apenas conceitos da Umbanda, no intuito de esclarecer os filhos de fé, acerca de seus pais e mãe de cabeça!

Obrigado!

4° ORIXÁ - XANGÔ - O ORIXÁ DA JUSTIÇA
 
O quarto Orixá a ser comentado nessa pequena série de estudos sobre os Orixás na Umbanda é Xangô.

Xangô é o Rei da Justiça, do Fogo, do Trovão, da Inteligência e das Pedreiras.

É sincretizado com diversos santos, como por exemplo Santo Expedito, São Pedro, São João Batista, entre outros. Mas o sincretismo que melhor representa Xangô é o feito com São Jerônimo.

O Santo na pedreira, com um livro nas mãos e um leão ao lado simboliza a sabedoria e a força, exatamente o que representa Xangô.


Cumpridor da Lei Divina, Xangô é um Orixá Justiceiro. Jamais deixa um filho seu ser injustiçado e perseguido. Entretanto, se o filho de Xangô comete injustiças, será ele mais severamente castigado.

Como todos nós estamos sujeitos a erros e equívocos na vida, temos que pedir o perdão de Xangô e se redimir dos atos cometidos, pois sua justiça é infalível.

Os símbolos de Xangô são o machado, o leão e a pedra, elementos que demonstram sua força.

O culto a Xangô teve origem na região Oyo, onde hoje é a Nigéria. É conhecido como rei do povo Yorubá. Seu culto chegou ao Brasil e a outros países da América Latina através dos negros escravos.

A cor de Xangô é o Marrom. (No candomblé é o vermelho e branco).

Seu dia da semana é a Quarta-Feira.

Seu dia do ano depende do santo com o qual foi sincretizado.

Sua saudação é "Kaô Kabecile"

As oferendas para Xangô levam frutas, quiabo,
velas marrons e/ou brancas, cerveja preta e charuto.

São entregues, preferencialmente nas pedreiras e/ou cachoeiras.

Da Linha de Xangô originam inúmeras falanges de Caboclos, Pretos velhos e Exus.

Cabe lembrar por fim, que na Umbanda não se incorpora O ORIXÁ, mas sim seus falangeiros e caboclos.

PONTOS DE XANGÔ

Segue abaixo alguns dos pontos cantados para Xangô. São pontos que demonstram a sabedoria, a força e a justiça desse Orixá.

PONTO 01

"Meu Pai Xangô deixa essa pedreira aí,
Meu Pai Xangô deixa essa pedreira aí,

A Umbanda está lhe chamando,
deixa essa pedreira aí!

A Umbanda está lhe chamando,
deixa essa pedreira aí!"

PONTO 02

"Xangô é um corisco,
Que nasceu da trovoada!
Xangô é um corisco,
Que nasceu da trovoada!

Ele mora na pedreira,
levanta de madrugada!

Ele mora na pedreira,
levanta de madrugada!

Longe, bem longe aonde o sol raiou,
Longe, bem longe aonde o sol raiou,

Saravá Umbanda, ô Saravá Xangô!
Saravá Umbanda, ô Saravá Xangô!

PONTO 03

"Escureceu, a noite chegou!
Escureceu, a noite chegou!

Firma ponto na pedreira,
Saravá Xangô!

Firma ponto na pedreira,
Saravá Xangô!

Saravá Xangô, ô Saravá Xangô!
Saravá Xangô, ô Saravá Xangô!"

PONTO 04
"No alto daquela pedreira,
Tem um livro que é de Xangô!

No alto daquela pedreira,
Tem um livro que é de Xangô!

Kaô, Kaô, Kaô Kabecile!
Kaô, Kaô, Kaô Kabecile!"

PONTO 05

"Xangô é Rei,
É Rei Nagô!
Xangô é Rei,
É Rei Nagô!

Ô bate palma pra coroa de Xangô
Ô bate palma pra coroa de Xangô
Ô bate palma pra coroa de Xangô
Ô bate palma pra coroa de Xangô"

PONTO 06

"Fui buscar um lírio branco,
Na pedreira de Xangô
Trouxe também outras flores,
que meu Pai abençoou,

Quem gostar de lindas flores,
E ainda não achou,
Vai buscá-las com carinho,
Na linda primavera de meu Pai Xangô!

Vai buscá-las com carinho,
Na linda primavera de meu Pai Xangô!"

PONTO 07

"Xangô na Umbanda é Juiz!
A lei de Xangô é sagrada!
Filho de Xangô é feliz!
Tem sempre defesa firmada!

Filho de Xangô é feliz!
Tem sempre defesa firmada!

Xangô a sua Justiça,
É pura e é verdadeira!

Sem ódio e sem cobiça,
Leva todo mal pra pedreira!

Sem ódio e sem cobiça,
Leva todo mal pra pedreira!

Xangô tem nos ombros o peso,
da sua pedreira sagrada!
Xangô tem nos ombros o peso,
da sua pedreira sagrada!

Xangô nós te pedimos,
que nos dê seu perdão!

Xangô nós te pedimos,
não deixa seus filhos em vão!

Xangô nós te pedimos,
não deixa seus filhos em vão!"

PONTO 08

"Pedra rolou Pai Xangô,
Lá na pedreira!
Segura pedra meu Pai,
Na cachoeira!

Pedra rolou Pai Xangô,
Lá na pedreira!
Segura pedra meu Pai,
Na cachoeira!

Tenho meu corpo fechado,
Xangô é meu protetor,

Tenho meu corpo fechado,
Xangô é meu protetor

Afirma ponto meu filho,
Pai de cabeça chegou!"

PONTO 09

Ô Gino olha a sua banda,
Ô Gino olha o seu gongá!

Ô Gino olha a sua banda,
Ô Gino olha o seu gongá!

Aonde o rouxinol cantava,
Aonde Xangô morava,

Aonde o rouxinol cantava,
Aonde Xangô morava,

Ele Gino da cobra coral
Ele Gino da cobra coral
Ele Gino da cobra coral
Kaô!."

PONTO 10

"Xangô, Xangô, Xangô,
Xangô Kaô meu Pai!

Foi o Senhor quem falou
Filho de Xangô não cai."

PONTO 11

"Lê lelê o kaô
Lê lelê o kaô

Lê lelê é de vangolé
Lê Lelê kaô"

PONTO12
"Dizem que Xangô mora na pedreira,
Mas não é lá sua morada verdadeira!

Dizem que Xangô mora na pedreira,
Mas não é lá sua morada verdadeira!

Xangô mora numa cidade de Luz,
onde mora Santa Bárbara, Oxumarê e Jesus!

Xangô mora numa cidade de Luz,
onde mora Santa Bárbara, Oxumarê e Jesus!"

PONTO 13

"Xangô morava nas pedreiras,
Viveu escrevendo em uma pedra,
Ele escreveu a Justiça.
Quem deve paga, quem merece recebe!

Ele escreveu a Justiça.
Quem deve paga, quem merece recebe!"

PONTO 14

"Meu pai São João Batista, ele é Xangô!
Ele é o dono do meu destino até o fim!

Meu pai São João Batista, ele é Xangô!
Ele é o dono do meu destino até o fim!

O dia que me faltar a fé no meu Senhor
Que role essa pedreira sobre mim!

O dia que me faltar a fé no meu Senhor
Que role essa pedreira sobre mim!"

PONTO 15

"Pedra rola da pedreira,
Em cima de quem errou,
Justiça quem faz e ele,
Porque ele é Xangô!

Pedra rola da pedreira,
Em cima de quem errou,
Justiça quem faz e ele,
Porque ele é Xangô!

Com seu leão do lado,
Com seu machado na mão,
ele corta mironga,
pra seus filhos, da proteção

Justiça maior é do meu Pai Xangô!
Justiça verdadeira!

O seu brado é tão alto,
que escoa na pedreira!
Pedra rola da pedreira,
Em cima de quem errou,
Justiça quem faz e ele,
Porque ele é Xangô!

Pedra rola da pedreira
Encima de quem errou
Justiça quem faz e ele
Porque ele é Xangô!

Com seu leão do lado,
Com seu machado na mão,
ele corta mironga,
pra seus filhos, da proteção

Justiça maior é do meu Pai Xangô!
Justiça verdadeira!
O seu brado é tão alto,
que escoa na pedreira!

Pedra rola da pedreira
Encima de quem errou
Justiça quem faz e ele
Porque ele é Xangô!"
 
Fonte: TENDA DE UMBANDA FILHOS DA VOVÓ RITA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.