Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

sábado, 28 de maio de 2011

REZA REZANDO, REZADOR! Tua Fé é tua reza!

Axééé… Pensando no Orixá e na oração que iria postar no blog hoje não consegui imaginar outro: somente Xangô, o Orixá mais JUSTO de nossa Umbanda para nos auxiliar plenamente e potencialmente nesta semana.
Xangô é o Orixá que rege o senso da Justiça e é nesse sentido que pedimos ajuda para sermos mais justos, equilibrados e ponderados.
Xangô também é a Divindade que movimenta o Fogo. Energia que limpa, purifica, energiza, vitaliza, mas que também queima.
Xangô é considerado Rei, e como Rei, É PODEROSO.
Suas afirmações e determinações devem ser ouvidas e cumpridas sem questionamentos.
Xangô não tem afinidade com questionamentos, com dúvidas ou conflitos, Xangô É, e sabe que É.
Sei que muitos de seus filhos são questionadores, duvidam e entrar em conflitos facilmente, mas isso acontece porque estão no sentido oposto de seu Orixá. Sentido que só depois de muito “saravá”, de muito “axé” e de muita “teimosia” consegue-se positivar plenamente.
Aliás, Xangô tem uma essência extremamente teimosa e uma das coisas que eu sempre peço a Xangô é que “Ele me permita ser muito teimosa quando o assunto for Fé”
Enfim, aproveitem essa bela oração e vamos manter nossa mente aberta cuidando de nossos atos, palavras, sentimentos e julgamentos, afinal, devemos pensar duas vezes antes de “batermos cabeça” e clamarmos por justiça a Xangô, pois muitas vezes o que achamos injusto nada mais é do que NOSSO MERECIMENTO.
Mas se caso precisarem realmente de Xangô para ajudá-los quando se sentirem injustiçados, peçam então que Xangô os esclareçam e se estiverem certos, então que Ele esclareça a outra parte, e se esta não ouvir, então não precisa nem pedir que a Lei de Ação e Reação é automática e se cumprirá a Justiça de Xangô em vossas vidas.


Xangô é reconhecido como orixá da justiça
“Mitologia dos Orixás” de Reginaldo Prandi

Xangô e seus homens lutavam com um inimigo implacável.
Os guerreiros de Xangô, capturados pelo inimigo, eram mutilados e torturados até a morte, sem piedade ou compaixão.
As atrocidades já não tinham limites.
O inimigo mandava entregar a Xangô seus homens aos pedaços.
Xangô estava desesperado e enfurecido.
Xangô subiu no alto de uma pedreira perto do acampamento e dali consultou Orunmilá sobre o que fazer.
Xangô pediu ajuda a Orunmilá.
Xangô estava irado e começou a bater nas pedras com o oxé, bater com seu machado duplo.
O machado arrancava das pedras faíscas, que acendiam no ar famintas línguas de fogo, que devoravam os soldados inimigos.
A guerra perdida foi se transformando em vitória.
Xangô ganhou a guerra.
Os chefes inimigos que haviam ordenado o massacre dos soldados de Xangô foram dizimados por um raio que Xangô disparou no auge da fúria.
Mas os soldados inimigos que sobreviveram foram poupados por Xangô.
A partir daí, o senso de justiça de Xangô foi admirado e cantado por todos.
Através dos séculos, os orixás e os homens têm recorrido a Xangô para resolver todo tipo de pendência, julgar as discordâncias e administrar justiça.







Oração a Xangô

Meu Pai Xangô, o Senhor que é rei da justiça, olhai a todos que imploram a vossa proteção e a vossa benção.
Que do alto de sua pedreira nos mandeis a faísca de um raio luminoso, a fim de podermos tratar com serenidade e com a mais pura justiça os nossos semelhantes.
Faça valer sempre a vontade Divina, purifique minha alma nas águas de sua cachoeira.
Se errei, conceda-me a luz do perdão.
Faça de seu peito largo e forte meu escudo para que os olhos de meus inimigos não me encontrem. Permita Pai, que eles não atinjam meu corpo nem minha alma.
Empresta-me sua força de guerreiro para combater a injustiça e a cobiça.
Que eu não faça e nem sofra injustiças.
Clamo Pai, para que a justiça divina seja feita para todo o sempre.
Proteja-me, senhor do fogo e da vida, para que não me falte a coragem, a alegria de viver, a fé e a caridade.
Ó Senhor do Machado Sagrado! Peço que o meu coração seja puro e que tenha a força das rochas que sempre estão sobre o seu domínio.
Abençoe-me, grande Orixá, ensina-me a ser bom e justo, instrui-me a amar meus semelhantes tanto quanto os Divinos Orixás me amam.
Conceda-me a graça de receber sua luz e sua proteção.
Minha devoção te ofereço!
Caô Xangô, Caô!


Brado de Xangô – Composição de Pai Ivo de Carvalho e
interpretado por Tião Casemiro
Escrito por Mãe Mônica Caraccio
Fonte: Minha Umbanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.