Seguidores

Translate - Tradutor

Seguir por Email

Volte sempre!


Fale Conosco 
 

Atenção. Importante!

Alguns Textos, Mensagens e Imagens foram retirados de variados sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.

A real intenção do blog Grupo Boiadeiro Rei não é de plágio, mas sim de espalhar Conhecimento e Espiritualizar...

 
TODO ACERVO DE MATERIAL DE ESTUDOS DO GRUPO DE ESTUDOS BOIADEIRO REI ESTA NO SERVIDOR ISSUU DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE INFORMAÇÕES DA RELIGIÃO ACESSE - O LINK EBOOKS A BAIXO 
 
LlNK:
 

Pesquisar

Leia Também em nosso Site

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Meu Orixá é melhor que o Seu!


“MEU ORIXÁ É MELHORQUE O SEU”. Quantas vezes nós já ouvimos esta afirmação de nossos irmãosUmbandista ou até mesmo daqueles que têm afinidade com a Umbanda? Mas, o quemais me assusta, como sempre, são os comentários feitos muitas vezes por nossosirmãos praticantes de nossa Religião. O meu susto não pára apenas na frase, ouseja, no conteúdo destas palavras, mas no tom de voz que é utilizado e apostura muitas vezes “arrogante” de alguns irmãos. Na minha visão, estamosprimeiramente desrespeitando os Orixás e na seqüência estamos nos achandosuperiores ao nosso próximo, coisa esta que é tipicamente nossa.

Vamos lembrar quetodos os Orixás estão vivos em nossa coroa e em nossas vidas, mas observe queestamos falando de Orixá, O Dono da Cabeça, seres supremos, logo não existemdivergências e tão pouco estrelismos ou melindres, como nós temos.

O assunto é tão sérioque já ouvi pessoas sendo filhos (as) de Omulú dizerem que sentem “vergonha” desua coroa, porque seu Pai é um Orixá “ancião” ou porque, para alguns, elecarrega o símbolo da morte. Com isso, aparecem os piores comentários: “Nossa!Então se sou filho de Omulú eu vou morrer? ”Sim, todos nós vamos um dia.“Nossa! Então eu sendo filho de Omulú eu posso matar qualquer um?” Não, a menosque goste de ficar em uma penitenciária respondendo um processo criminal.

Da mesma forma quetem àqueles que rejeitam temos também os médiuns, enchendo a boca para dizer:“Sou filho (a) de Oxum” ou “Sou filho (a) de Xangô”, etc.. Em alguns casos temo complemento: “Meu Orixá é melhor e mais forte que o seu”. Acredito que nosdois casos, tanto no desprezo / vergonha, bem como na “Idolatria”, são cenáriosde uma enorme falta de respeito com os nossos Pais e Mães Orixás.

Por que temos quesentir vergonha ou desprezar o Orixá que está em nossa coroa ou na coroa denossos irmãos? Por que muitos chegam a mentir com relação àqueles que regem suacoroa? Se todos os nossos Pais e Mães Orixás são Sagrados, por que rejeitamos oSagrado? Por que desprezamos o Sagrado que nos escolheram e estão nosprotegendo?

Não podemos fazercomparativos entre as forças dos nossos Orixás, dizendo que “o meu é melhor queo seu”, porque todos têm suas funções, ações, forças, estruturas, realizações,qualidades, etc.. O que seria da força de Ogum, para abrir os caminhos, se nãoexistisse a força de Omulú para paralisar ou finalizar os pensamentosnegativados demandados contra nós? O que seria da geração de Yemanjá, provendocondições melhores em nossas vidas, se Nanã não decantasse as nossas frustrações?

Com estesquestionamentos, como podemos afirmar que o “Meu Orixá é melhor que o seu”?Todos nossos Pais e Mães Orixás têm suas qualidades e se completam em umagrande força quando unidos, formam um TUDO e um TODO onde podemos, ainda,visualizar que existe um relacionamento e até mesmo uma “dependência” naatuação de um para o outro. É uma visão muito pequena achar que o Orixá querege a minha coroa e muito mais importante do que o que rege a coroa do meuirmão.

Em primeiro lugar,nós somos escolhidos por nossos Pais e Mães Orixás. Em segundo lugar, TODOS nóstemos uma missão para cumprir e os nossos Pais e Mães Orixás estão nosauxiliando nesta caminhada, tarefa, esta, que é bem difícil para Eles.Geralmente ficam nos mostrando os caminhos que devemos percorrer, bem como, oque devemos fazer, mas na maioria das vezes não escutamos, não percebemos e nãosentimos, pois estamos tão preocupados com nossos “pobres” pensamentos julgandoos Pais e Mães Orixás de nossos irmãos, achando que podemos ser maisimportantes ou melhores só por que não temos o mesmo Orixá na coroa, que nãoconseguimos perceber ou ouvir o que eles estão tentando nos mostrar ou dizer.

Então meu irmão, nãose sinta mais ou menos importante diante daquele que possui um Pai ou Mãe Orixádiferente do que possui em vossa coroa, sinta sempre o Orgulho de ter sidoescolhido por Ele e por Ela, deixe que as essências de vosso Pai e Mãe Orixáatuem em vossa vida. Não pratique a difamação dos Sagrados, não se esconda davossa essência, não vire as costas para àqueles que lhe escolheram como filho(a). Sejamos no mínimo, bons filhos (as), respeitando e cultuando as forçasdaqueles que nos sustentam.

Não diga: O MEU ORIXÁ É MELHOR QUE O SEU, mas
Diga assim: OS NOSSOS ORIXÁS SE COMPLETAM NA ESTRUTURA DE DEUS.

                         
             Por Danilo Lopes Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceitamos comentários edificantes. Siga seu caminho em paz, se essa não é sua crença.

Obrigado!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

“A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho.”


SIGNIFICADOS QUANTO AO FORMATO DA VELA



 
Cones ou Triangulares: equilíbrio, elevação.
Quadradas: estabilidade, matéria.
Estrela: espiritual, carma.
Pirâmide: realizações matérias.
Cilíndricas: servem para tudo.
Animais: para o seu animal protetor.
Lua: para acentuar sua energia intuitiva.
Gnomo: para seu elemental da terra.
Cone ou Triangulares: simbolizam o equilíbrio. Tem três planos: físico, emocional e espiritual.
Velas Cônicas: são voltadas para cima e significam o desejo de elevação do homem, sua comunicação com o cosmos.
Velas Quadradas: Simbolizam estabilidade na matéria. Seus lados iguais representam os quatro elementos: Terra, Água, Fogo, Ar.
Velas em Formato de Estrela de Cinco Pontas: É o símbolo do homem preso na matéria. Representa o carma.
Velas Redondas: Simbolizam mudança. E a energia mais pura do astral que só a mente superior alcança.